sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

A quem irei, Jesus Eucaristia? | #Poema




















A quem irei Jesus, se tu és o meu Senhor.
A Ti toda honra e todo o louvor
Toda adoração ao Rei dos reis
Sei o que por mim o Senhor fez
E continua fazendo sem hesitar
Meu Senhor, ensina-me a amar
Sei que meu coração é duro, petrificado
Sou um pobre servo que ando por aí confuso e angustiado
Com medo do que me pode acontecer
Do que me espera e do que fazer
Mas fico imaginando o quanto eu fico de babaquice
E se a mim mesmo o Senhor já disse:
“Confia em mim”
Perdoe-me Senhor por eu ser assim
Ah como eu queria ser mais confiante
Ah como eu queria nunca parar na barreira adiante
Mas Jesus eu te peço a graça
De carregar a minha cruz e aprender no amor e não na espada
Que eu não venha a ser um contratestemunho na Igreja
Que as pessoas olhem para mim e a Ti vejam
Que eu não venha a ser um Judas traidor
Eu só quero ser o Teu fiel seguidor
Sei que sou Tomé muitas vezes por duvidar
Mas reencontro a fé em ti quando vou comungar
Presente em mim na Eucaristia
Se um dia eu não cri é porque minha mente era vazia
Eu tenho sede de Ti todos os dias
E sei que o Senhor agora deve me perguntar:
“Isso vos escandaliza?”
Não, Jesus, pois tu és o Senhor e o Deus da minha vida!

“Isto é o meu Corpo, que é dado por vós;
Fazei isto em memória de mim.
Isto é o meu sangue que é derramado por vós...
Nova e Eterna Aliança...”

Tuas palavras Senhor, são de vida eterna
Me dê a graça, Senhor, de fazer parte dela
Se quem come a Tua Carne e bebe o Teu sangue será salvo
O Teu Coração será sempre o meu alvo
Tudo será em vão se não vier de Ti
Tu és o alfa, o ômega – o principio e o fim
E está aqui, presente em todo Sacrário
Para nos dar a vida; para que a morte não seja mais o salário
Mas que pena, Senhor, que nem todos conseguem Te reconhecer
E em si mesmos não encontram a razão de viver
Ali na Hóstia Santa, no Vinho no Cálice consagrado
Ali esta o Cordeiro imolado
Ali está Jesus vivo, real e ressuscitado
Que escolheu renovar o Seu sacrifício para as futuras gerações
A morada de Cristo é em nossos corações.
Mas por que de tanta descrença? Não consigo entender...
Bíblia debaixo do braço, mas não conseguem compreender
Geração Tomé que não quer crer
E você acredita no que Jesus Sacramentou?
“Eu sou o Pão da vida que me entrego por amor”.

“Isto é o meu Corpo, que é dado por vós;
Fazei isto em memória de mim.
Isto é o meu sangue que é derramado por vós...
Nova e Eterna Aliança...”

No ostensório está meu Jesus exposto
Corpo, Sangue, alma e divindade: resplandecendo seu brilho em meu rosto
Que todo joelho se dobre em adoração
Não é mais vinho, não é mais pão
É o próprio Cristo presente, Ele te estende a mão
Ele nos ama, não nos quer na desolação
Ele não foi para a Cruz para que continues na perdição
Ele se fez Eucaristia para a tua redenção 
Mas, Senhor, se eu for Pedro e vier a Te negar?
Que eu seja o Pedro santo que se deixou amar
E assumiu a sua missão
Pescador de homens, a barca da efusão
E diante de Ti Jesus, no Santíssimo Sacramento do Altar
Aonde até o inferno tem que se prostrar
Eu só quero te adorar
O Teu Senhorio na minha vida eu declaro eternamente
Tua Carne na minha, Teu sangue no meu
Amar... Amar este Deus presente
Meu Jesus Eucaristia, alimento dos viventes
Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo
Obrigado Senhor, por Teu amor tão profundo

“Isto é o meu Corpo, que é dado por vós;
Fazei isto em memória de mim.
Isto é o meu sangue que é derramado por vós...
Nova e Eterna Aliança...”

Nenhum comentário:

Postar um comentário