sexta-feira, 6 de maio de 2016

O que será de mim, Mãe? | Um Mês com Maria #6


Salve Maria Imaculada, nossa Corredentora e Mãe!

São Maximiliano Maria Kolbe quando criança era um tanto quanto bagunceiro. Certo dia após suas traquinagens, sua mãe perguntou-lhe: "meu filho, o que será de você?" Essas palavras mexeram profundamente com o pequeno Raimundo (nome de Batismo de Maximiliano). Ele dirigiu-se, então, para uma imagem de Nossa Senhora e perguntou-lhe: o que será de mim? Eis que Nossa Senhora apareceu trazendo-lhe duas coroas: uma branca, representando a pureza, e a outra vermelha, representando o martírio. Perguntou se ele aceitava, e ele respondeu que sim.

Depois desta aparição de Nossa Senhora, o pequeno Raimundo mudou o comportamento. Cumpriu a profecia, ou melhor, assumiu de fato as coroas ofertadas por Nossa Senhora: viveu a pureza cumprindo votos de castidade como religioso na Ordem dos Frades Menores Conventuais, e foi mártir num campo de concentração nazista. Glorificou a Deus pelo martírio.

Além da figura de S. Maximiliano neste episódio de graça extraordinária mariana, chama-me a atenção a figura da mãe de Maximiliano. Ela perguntou o que seria de seu filho, e este correu para os pés da Virgem Maria. Este é um sinal claro que sua mãe era devota. Aliás, seus pais eram devotíssimos, católicos fervorosos. Portanto, ele podendo perguntar o que seria dele pra quem quer que fosse, ele foi pra Nossa Senhora, porque com certeza via seu pai e sua mãe recorrendo a mesma imagem tantas e tantas vezes.

Queres que teus filhos vivam a fé? Viva você primeiro! Quer que seus filhos sejam santos? Busque viver a santidade em primeiro lugar. Infelizmente muitos pais acham que dar a fé para os filhos é obrigá-los a ir para a turma de catequese. Não. Faça da sua casa uma verdadeira Igreja doméstica! Tenha uma família que reza unida. Família que reza unida NUNCA se separa. Família unida pelas contas do Rosário NUNCA se separa.

Talvez estejamos numa fase da vida que não encontremos sentido nas coisas. Mas, alegrai-vos - digo com o Apóstolo! Repito: alegrai-vos no Senhor! Recorrei à Virgem e pergunte: Mãezinha do Céu, Mãe de Misericórdia, o que será de mim? Ela nos levará para o Céu. Ela também nos apresenta uma coroa em especial: a coroa da vida eterna. Recorramos a Ela, e Ela - que é Mãe de Misericórdia - encherá nossa vida de sentido, da plenitude da Paz, e nos conduzirá para a glória do Céu.

Salve Maria Imaculada, nossa Corredentora e Mãe!
Viva Cristo Rei!


Nenhum comentário:

Postar um comentário