quinta-feira, 17 de março de 2016

Pra restaurar o Brasil é preciso mais que trocar de Presidente

Salve Maria Imaculada, nossa Corredentora e Mãe!

Assim como boa parte da população, também eu acompanho com apreensão os noticiários políticos do Brasil. Confesso que deveria estar estudando, afinal, há conteúdos da faculdade que não posso negligenciar. Porém, não posso tirar a atenção da política brasileira para ir para os estudos sem antes fazer uma pequena constatação de alguns fatos. Pode chamar de desabafo de um cidadão brasileiro, comentário sobre política, ou do que quiser; mas não me sentiria em paz se não escrevesse o que narro abaixo.

Há alguns anos atrás o povo saiu para manifestar; e não poucas pessoas disseram “o gigante acordou”. A verdade é que não achei, naquele momento, que o gigante havia acordado; afinal, as lideranças dos protestos na época dos “black blocs” eram militantes esquerdistas/socialistas/comunistas; e ao ver a grande ascensão de linhas conservadoras tomando as ruas, logo pararam os protestos. Mas a verdade é que hoje sim podemos dizer que o gigante acordou. As manifestações tem objetivos claros: pedem o Impeachment da Presidente Dilma ou sua renúncia; pedem, aliás, a queda do PT. Ao vermos a manobra vergonhosa que Dilma usou para livrar Lula de uma possível prisão, nomeando-o ministro chefe da Casa Civil, logo gerou revolta na população, que se manifestou, mostrou sua voz. Na praça dos três poderes haviam mais de 5 mil pessoas na noite de 16/03/16.

Mas, até aqui, apenas relatei fatos. A parte importante que quero que você leia vem a seguir.

Aparentemente o povo, junto com a oposição verdadeira no Congresso Nacional, vai pressionar até derrubarem Dilma. Mas de uma coisa eu tenho absoluta certeza: nós temos que fazer algo que não pode ser negligenciado, tanto se Dilma cair, como se ela continuar. Não importa. O importante é que o povo acordou. Pense num cenário bom. Um nome da direta bem cotado para as próximas eleições e que já se declara pré-candidato à Presidência da República é o Dep. Federal Jair Bolsonaro. Ok. Imagine que em sequência se derrube Dilma e Temer; convoca-se novas eleições e, contra toda esperança comunopetista, Bolsonaro eleito presidente. Ok. Mas mesmo com Bolsonaro sendo Presidente, nós precisamos fazer o que abaixo falarei; caso contrário, pouco ou nada adiantará ter alguém de direta no país. Mas, por outro lado, levando em consideração que não se faça justiça, Dilma escape da perca do mandato, não importa, se nós fizermos o que temos que fazer pra restauração da nossa nação.

Ao contrário do que uma parte não negligenciável de direitistas, liberais, ou anti-petistas em geral acham, é que para desfazer as cagadas que a esquerda fez nas últimas décadas aqui não basta simplesmente ter um Presidente conservador. Tá, você não gosta do nome Bolsonaro... Imagine qualquer um bom candidato pra você. Não basta ter este candidato perfeito. É preciso uma ação de médio a longo prazo para restaurar esta nação. O Brasil não tornar-se-á uma grande potência, um país decente, honrando, respeitado, simplesmente se um Presidente der porte de arma ou abaixar os juros. É preciso mais.

Se você ainda não percebeu, as instituições estão corrompidas. Podemos ver o escárnio que o ex Presidente Lula faz da população em uma das ligações que foram grampeadas pela Polícia Federal. Lula diz que o Procurador Geral da República não estaria lá se não fosse a ajuda que ele deu; e agora que ele (Lula) precisa da ajuda dele, este anda cheio das formalidades. Nós vemos que boa parte do Judiciário está articulado pelo PT. Claro, não todo. Mas podemos ver, por exemplo, a Presidente indicar Dias Toloff, antigo advogado do PT, para Ministro do STF.

Para recuperarmos o país, para termos ordem e progresso novamente, não basta tirar Dilma e eleger outro. Afinal, quando o outro tomar posse, o que vai ter de Une, MST, CUT, e cia badernando querendo uma nova guerra civil!

Bom, então o que fazer para restaurar o Brasil? Simples: faça o mesmo que os socialistas/comunistas fizeram no Brasil, só que ao contrário. O que eles destruíram, reconstruam; se deu perca total, recrie; se eles sujaram, limpe. O Regime Militar cometeu um grande erro: só reprimiram a propaganda de revolução armada, e fizeram vista grossa para a revolução cultural. A doutrina marxista de luta de classes foi imposta pela nossa sociedade. Toda a cultura foi apodrecida de alguma maneira pelo pensamento marxista. Há décadas os marxistas estão dentro das universidades; e de lá para as escolas públicas de ensino médio e fundamental, para os editoriais da imprensa, para a própria política, enfim, tomaram a EDUCAÇÃO e transformaram-a em doutrinação. Nós podemos ver a sem-vergonhisse dos livros do MEC. Há algumas décadas os Governos (não só do PT, mas do PSDB também, canalhas!) têm trabalhado na destruição da moral: adultério, divórcios, gayzismo, pedofilia, imoralidades, aborto, liberação de drogas, prostituição, etc. Vemos um Estado Laico ser transformado, nos discursos dos socialistas, em Estado anti-cristão. Nós vemos, por exemplo, deputado ser hostilizado por ser pastor protestante, mas acha-se normal dizer “eu sou comunista” ou “eu sou socialista” sendo que esta maldição matou mais de 90 milhões de pessoas no século passado. E para tomar o poder eles tem que destruir a moral judaico-cristã que temos no Brasil, e aprovar leis iniquas que comrrompa o povo. Por isso aumenta-se o número de aidéticas entre os jovens, mas não se aumenta o número de brasileiros com prêmio nobel em qualquer coisa. Continuamos tendo... 0. Aqui é mais fácil distribuir camisinha e dizer: transa rapazeada! Transa moça! Do que investir essa grana em educação/ciência. Mas o projeto comunista funcionará com a moral do povo deturpada.

Portanto, o que fazer para restaurar o Brasil? Em primeiro lugar: oração. Nossa Senhora quando apareceu em Pesqueira-PE em 1936 avisando que o comunismo entraria no Brasil, pediu-nos que fizessemos penitência e rezassemos. Portanto, confesse teus pecados a um sacerdote, vá a Missa pelo menos todo domingo, Comungue, reze o terço diário, faça ao menos abstinência de carne nas sextas feiras... É o mínimo que podemos fazer, e, com certeza, pela intercessão de Maria Santíssima, a ira de Deus será aplacada e a Sua Misericórdia nos alcançará.

Bom, talvez você seja daqueles que não querem envolver a religião com a política. Talvez você seja anti-comunista, porém confesse uma fé protestante, ou espírita, ou mesmo seja ateu. Mas, sem querer entrar em debate religioso, para restaurar o país é necessário voltar as origens do Brasil. Um dos primeiros atos dos portugueses ao descobrir o Brasil foi a celebração da Santa Missa. Antes de se chamar Brasil, nossa nação chamava-se Terra de Santa Cruz. A Princesa Isabel, após ser impedida de assumir a coroa, manda fundir suas joias para fazer uma coroa, da qual mandou colocar na imagem de Nossa Senhora Aparecida; afirmando que se ela não poderia reinar no Brasil, quem reinaria seria Nossa Senhora. Nossas raízes são católicas. E se você for sincero, você constatará que o Brasil começou a arruinar-se quando a força católica do Brasil foi ficando fraca. A partir do momento em que as pessoas inventaram o “católico praticante” e o “sou católico, mas não pratico”; ou seja, quando as pessoas pararam de viver a fé, não vivendo os ensinamentos da Igreja, seja em sua moral (como nas questões sexuais), seja nos próprios dogmas (negando as verdades de fé), aí o país desandou. Quer uma prova? O PT é fruto da “Teologia da Libertação”. Essa ideologia marxista foi condenada pela Igreja (que condena à excomunhão quem é socialista/comunista). Mas mesmo com a Santa Sé condenando a TL, padres e bispos adeptos de tal doutrina diabólica, deram apoio ao PT. Se quiserem, vocês podem procurar videos do Lula, onde o mesmo afirma que chegou ao poder porque, segundo ele, uma das instituições que estavam com eles era as “comunidades de base da Igreja”. Se os padres e Bispos fossem obedientes a Igreja, seguindo seus ensinamentos, não teriam NUNCA apoiado Lula, PT, ou qualquer comunista; mas como, como diria Beato Paulo VI, a fumaça de satanás entrou dentro da Igreja, a TL pariu o PT. Ou alguém pariu o PT, e este se alimentou da TL? Enfim, o fato é que se seguissem a Igreja... Mas fizeram o que a Igreja condena.

Eu assisto hoje, envergonhado, uma PUC (Pontifícia Universidade Católica), ou seja, uma universidade da Igreja Católica, ser tomada de professores, reitores, e alunos comunistas que fazem protestos a favor do Governo petista. Como que uma universidade católica torna-se veículo cultural de socialistas?

Mas, é verdade, não só as PUC's, mas praticamente todo sistema educacional brasileiro; privado ou público; fundamental, médio ou superior; está tudo dominado de pensamento doutrinário marxista. Nas universidades, senhoras e senhores, é o local onde estão sendo formados os nossos futuros médicos, professores, advogados, jornalistas, historiadores, psicólogos, enfim, onde se forma grandes profissionais, ou, se preferir, os futuros militantes políticos comunistas. Muitos lá, entrando ingenuamente, vão passando por um processo de lavagem cerebral. Se acha que exagero, leiam - pelo amor de Deus – o livro Maquiavel Pedagogo e entendam o que estou falando.

Portanto, se queremos restaurar a Terra de Santa Cruz, que os católicos sejam católicos de verdade. E – não sejam burros! – ocupem os espaços! Não adianta postar #Bolsonaro2018. É necessário você atualizar na porcaria do facebook que você ingressou numa faculdade. Não, não estou dizendo que o diploma pelo dimploma muda ou que seja a salvação. Estou dizendo que Deus nos dá uma vocação, e se temos um chamado, devemos corresponder a este chamado. Se você fala contra o PT e quer alguém da Direita somente pela proposta de abaixar os juros pra poder comprar um Ifone mais barato, você é mais desprezível do que o Lula! Sim, é! Porque é tão materialista quanto qualquer ditador de merda que matou milhões de pessoas. Vote em Bolsonaro, e continue as universidades sendo dominadas pelos marxistas, continuaremos tendo uma geração de jovens com merda na cabeça, e aí surgirão novos Lulas e, pior, novos militantes que morrerão pelos futuros Lulas comunas.

Talvez um cego da vida, fanático, louco, diga “mas Bolsonaro colocará alguém conservador no MEC”. Ou achem que por ter um presidente de direita as reitorias e os professores tornar-se-ão conservadores sob a ação do super raio conservador que os atingirá no colaçaozinho. NÃO! Se você e eu não entrarmos na faculdade, quem serão os futuros professores? Outros comunas. Eu olho a PUC com dó, por exemplo, porque mesmo que um Bispo faça algo para limpar a merda socialista de lá, quem seria os novos professores e reitores? Outros comunas. Claro, tem gente boa, conservadora, sim, mas a quantidade destes que dão a cara a tapa é muito pouca em relação aos comunistas. Como católico, quem nós colocariamos com toda confiança para ser reitor de uma PUC, ou cade esse tanto de professores conservadores, autênticos católicos para lecionar por lá? Bom, não tem. E, infelizmente, em 10 anos não teremos, porque achamos que simplesmente postando Bolsonaro2018 e, claro, votando nele e elegendo-o, num passe de mágica viraremos uma Polônia, com Presidente conservador e catolicismo fervoroso.

Lula durou poucas horas como ministro, pois logo depois um Juiz Federal interveio. Assim será com qualquer um que coloque a ação conservadora simplesmente em eleger um direitista pra comprar coisa importada mais barata, ter gasolina mais barata, e pronto. #Bolsonaro2018, seguido de #GuerraCivil2019 porque ainda vai estar cheio de gente com merda na cabeça nas universidades.

A imprensa acordou? Não sei. O que sei é que o escândalo foi tão grande que nem a aliada Record conseguir acobertar.

Em resumo, caríssimos, os marxistas estão há décadas dando aulas, palestras, cantando músicas (de todos os estilos – e o Rap escancarado), escrevendo livros, e tantas coisas que você já sabe. Você tem que fazer o mesmo, só que ao contrário. Se eles usaram tais meios para propagar uma ideologia destrutiva, para propagar a mentira, usemos para anunciar a verdade. Eu não estou aqui dizendo para entrarmos na universidade para impor uma ideia direitista. Estou dizendo que as universidades e escolas tem que ser aquilo que devem ser: local para se ensinar, e não para doutrinar ideologicamente. Deve-se buscar, na educação, a verdade. Onde a disciplina envolver política, expor as ideias, mas não doutrinar o aluno a ser marxista. Só tem Marx nas universidades. Mentira, tem Paulo Freire também. Bom, dá no mesmo.

Ocupem os espaços. Temos que ter uma boa cultura. Pelo amor de Deus! Se você tem dom para compor poemas, componha-os. E não estou falando de poemas sobre política, mas poemas sobre a vida, mostre a beleza da vida. Se você tem dom pra escrever, escreva; se tem dom pra cantar, cante. Exponha sua arte. Não desanime se hoje chamam de arte, de cultura, coisas como o Funk. Tenha fé em Deus! Se meia dúzia apreciar sua arte, já é alguma coisa. Agora nós vemos o funk, os textos lichos, tudo se propagar, e nós simplesmente não produzimos nada.

Tem dom pra ser político, para ser o que se espera de um político de verdade. Seja! Como diria o Papa Leão XIII “a audácia dos maus se alimenta da covardia e da omissão dos bons”. Talvez você exite por temer o que pensarão de você. Mas você, que é honesto, exita por causa da opinião do povo que poderia te julgar injustamente; mas Lula, mais sujo que esgoto, sendo xingado de tudo quanto é lado – de maneira justa – não exitará em se candidatar a Presidente da República caso não seja impedido pela justiça. Aí está a diferença: quem quer fazer merda não liga para o que os outros vão pensar; mas nós, conservadores, queremos guardar nossa imagem de bom moço, de não se envolver com política; e qual o resultado? Bom, quantos políticos corruptos e/ou socialistas/comunistas temos?

Ou você ocupa os espaços, sendo o que tem que ser, assumindo a vocação que Deus te deu, ou...

Não se venda por causa da porcaria de um concurso público. Muita gente prefere estudar pra um concurso, sem ter vocação nenhum para aquilo, só pelo alto salário, mas não vai ser aquilo que sua alma anseia. Que triste, alguém que, por exemplo, poderia ser um repórter que anunciasse a verdade, mas prefere ficar se matando para um concurso. Ou, pior, alguém que tem a vocação para ser professor, mas não é, porque professor ganha pouco e concursado do MPU ganha mais. Dinheiro falando mais alto que a vocação. A corrupção está realmente corroendo o Brasil.

E, para encerrar, esclareço que não sou contra o Bolsonaro. Muito pelo contrário. Tenho, é verdade, algumas posições contrárias a dele. Um exemplo é a sua proposta de planejamento familiar. Sou totalmente contrário. Mas isso é algo a ser debatido. Hoje meu candidato seria ele ou o Caiado. Mas não posso ser burro que pra restaurar o Brasil basta simplesmente tirar a Dilma e colocar Bolsonaro.

Salve Maria Imaculada! Viva Cristo Rei!

Um comentário: