terça-feira, 24 de novembro de 2015

Pensamentos de S. Josemaria Escrivá sobre o Terço


No famoso livro "Sulco", escrito por São Josemaria Escrivá, o santo traz alguns pensamentos edificantes a respeito da oração do Santo Terço. Josemaria trouxe Nossa Senhora além de seu nome, foi um grande devoto da Virgem Mãe de Deus. Eis aqui algumas frases contidas no seu livro que nos ajudará a trilhar o caminho de santidade com o auxílio da Virgem Maria. Se o Terço foi oração fundamental na santificação de S. Josemaria, seremos nós a omitirmos? Não. Avante. Rezemos!

***

474 Para que os empregam como arma a inteligência e o estudo, o terço é eficacíssimo. Porque, ao implorarem assim a Nossa Senhora, essa aparente monotonia de crianças com sua Mãe vai destruindo neles todo o germe de vanglória e de orgulho.

475 “Virgem Imaculada, bem sei que sou um pobre miserável, que não faço mais do que aumentar todos os dias o número dos meus pecados...” Disseste-me o outro dia que falavas assim com a Nossa Mãe. E aconselhei-te, com plena segurança, que rezasses o terço: bendita monotonia de ave-marias, que purifica a monotonia dos teus pecados!

476 Uma triste forma de não rezar o terço: deixá-lo para o fim do dia. Quando se deixa para o momento de deitar-se, recita-se pelo menos de má maneira e sem meditar os mistérios. Assim, dificilmente se evita a rotina, que afoga a verdadeira piedade, a única piedade.

477 Não se pronuncia o terço somente com os lábios, mastigando uma após outra as ave-marias. Assim mussitam as beatas e os beatos. - Para um cristão, a oração vocal há de enraizar-se no coração de modo que, durante a recitação do terço, a mente possa adentrar-se na contemplação de cada um dos mistérios.

478 Sempre adias o terço para depois, e acabas por omiti-lo por causa do sono. - Se não dispõe de outros momentos, reza-o pela rua e sem que ninguém o note. Isso te ajudará também a ter presença de Deus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário