terça-feira, 24 de novembro de 2015

A Misericórdia supera a nossa miséria

S
alve Maria Imaculada, nossa Co-Redentora e Mãe!
Uma partilha feita em uma vigília. Lembremos que a Misericórdia de Deus supera a nossa miséria. Deus pode pegar a miséria do nosso pecado e transformar em misericórdia. Ele pode pegar o maior pecador do mundo - como tu, e eu - e fazer um grande santo pra Igreja.
Claro, ninguém dá conta de ser santo. Ninguém. Mas é aí que entra a Misericórdia: é Ele que dá conta em nós. É a Misericórdia de Jesus que se manifesta na nossa miséria.

Levítico 19,2 diz: Sede santos, porque eu, o Senhor vosso Deus, sou santo.
Mas, Deus sabendo que não somos capazes por nós mesmos, diz: Eu sou o Senhor que vos santifico (Levítico 20,8). 
Ou seja, é tudo graça dEle. É a Misericórdia. Se caiu uma vez, levante duas. Lute até o fim da vida contra o pecado. Deus é contigo. Como diz o Papa Francisco, não é Deus que se cansa de perdoar, somos nós que nos cansamos de pedir perdão.
Lute até o último suspiro. Lute, se cai, peça perdão. Mas não desista. Não pare na sua miséria! Seja corajoso. Se somos pecadores, sejamos pecadores corajosos que são viris o suficiente para reconhecer o pecado, pedir perdão e lutar para não mais cair; caiu de novo, mas arrepende-se, luta, reage... Até o fim da vida será luta.
Por isso nos ensina São João Paulo II: santo não é aquele que não cai, mas aquele que se levanta após cair.
És pecador? Miserável? Ótimo! Já se conhece. Agora conheça a Misericórdia de Deus que é maior do que todos os teus pecados e os da humanidade juntas.

Ps: você que é consagrado à Nossa Senhora e luta contra teu pecado, se acha miserável, está triste com isso... Lembre-se que uma das graças da Santa Escravidão de amor à Nossa Senhora é o conhecimento e o desprezo de si mesmo. Parabéns, Nossa Senhora está mostrando o que és por ti mesmo. Agora abandone-se nas entranhas da misericórdia de Cristo e, à exemplo de uma criança recém nascida que suga o leite do seio de sua mãe, estejamos com a boca no lado aberto de Cristo sugando o Sangue e a Água que jorrou do Seu Coração para nos dar a vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário