quarta-feira, 3 de junho de 2015

GRAÇAS E LOUVORES SE DEEM A TODO MOMENTO...



...Ao Santíssimo e Diviníssimo Sacramento!
Sim, em todos os momentos dai graças, adore, louve, glorifique o Santíssimo Sacramento! Eis verdadeiramente Jesus presente na Eucaristia. Verdadeiramente trata-se do Sagrado Corpo e Sangue de Jesus Cristo. Quando ides à Missa lembrai-vos que vais ver o Santo Sacrifício da Missa e comungará a própria Carne e Sangue de Jesus. Quando ides ao Sacrário, tenha a consciência de que está indo visitar o grande Rei, o Deus verdadeiro de Deus verdadeiro, Jesus Cristo, que está verdadeiramente presente sob as espécias Eucarísticas.

Sim, graças e louvores se dêem a todo momento; e não somente em alguns instantes e ocasiões. Devemos louvar e honrar o Santíssimo sempre. Claro, existem ocasiões em que a manifestação pública da fé no Santo Corpo de Cristo ganha uma força especial pela solenidade, como no dia de Corpus Christh, por exemplo. Mas a nossa adoração deve se perpetuar durante todos os dias da nossa vida. Devemos testemunhar nossa fé durante toda nossa vida. Devemos adorar a Eucaristia sempre.

Por isso faço este post: a intenção é pedir que possamos honrar o Santíssimo Sacramento com toda a devoção do nosso coração, não só nas solenidades, mas além delas. Nas solenidades, como Corpus Christh, padre (se um sacerdote está lendo) exponha o Santíssimo Sacramento para ser adorado, mas não omita essa grande graça nos outros dias. Costuma-se expor todas as quintas em várias paróquias do mundo. Jesus não quer ser exposto para adoração apenas uma vez no ano; portanto, se cremos realmente que Jesus está presente na Eucaristia, possamos ver mais e mais paróquias com adorações públicas durante as quintas e até em outros dias. Você leigo(a) que ama Jesus, demonstre sua fé ornando o altar e a Capela do Santíssimo com flores. Visite mais vezes Jesus no Sacrário, faça-Lhe companhia, converse com Ele; afinal, se cremos que é Ele, porque não O visitamos? Se damos testemunho de ser Jesus com nossa boca? Por que não corremos para a Capela para adorar o nosso Amado? Visite Jesus,adore Jesus que está nos Sacrários do mundo inteiro. Faça adoração reparadora. Ensine as crianças a vizistar Jesus. Ensine outros adultos também sobre a fé na Eucaristia e ensine-as a adorar Jesus. Enfim, façamos tudo que está ao nosso alcance– simples ou complexo – para honrar Nosso Senhor Jesus Cristo que é o Santíssimo Sacramento. E isso não só nas solenidades, mas durante toda a vida fazer isso o quanto pudermos. Já dizia São João Bosco “Se queres receber muitas graças, visitai Jesus muitas vezes”.

Muitas vezes nós católicos somos aquele povo da qual fala o profeta Isaías: Este povo somente me honra com os lábios; seu coração, porém, está longe de mim. (Is 29,13).E isso nós percebemos quando dizemos crer na Eucaristia, porém tratamos-A como qualquer coisa. A forma que participamos da Missa (seja muitas vezes pela roupa e até comportamento dentro da Igreja), que nos comportamos diante de uma procissão ou postura diante do Sacrário, nos denunciam de que muitas vezes corremos o risco de estar honrando o Senhor com os lábios, mas não com o coração.

Imagine você debatendo com um protestante. Você cita várias passagens e mostra claramente que verdadeiramente é o Corpo e o Sangue do Senhor que Comungamos na Santa Missa; e não o pão com suco de uva que os protestantes comem e bebem nas suas pseudo ceias. Esse protestante não quis admitir na sua frente, mas ficou com uma pulga atrás da orelha. Sem você saber ele se dirige à uma Paróquia para ver esse “Santíssimo Sacramento” que os católicos tanto falam, e quer ter uma experiência pessoal pra saber se é Jesus realmente. Eis que ele entra na Paróquia e percebe que está acontecendo uma Missa. Quer dizer, era pra ser... Porque o que ele vê é um padre com berrante, chapéu de cowboy, todo mundo na moda sertaneja, e as músicas que animam a celebração é sertanejo com ritmo mundano só mudando algumas letras. Ele se assusta e decide então visitar outra Paróquia, mas em seu pensamento já dizia “como podem dizer ser o sacrifício de Cristo, se no Calvário todos choravam, e ali estão fazendo uma festa mundana? Esses católicos são perturbados mesmo...”. Chega em outra Paróquia, qual surpresa: outra Missa! Dessa vez a decepção é maior: dois pais de "santo" e uma mãe de "santo" ofertando cachaça, pipoca e outras oferendas para os exús. Pobre protestante, foi em mais uma celebração profanada dos desobedientes da Igreja. E logo se escandaliza. Mas não desiste. Ao chegar em outra Paróquia, dessa vez percebe que não está tendo Missa. Após procurar acha o Santíssimo da qual ouvia comentar. Logo ele vê que a Capela está vazia, Jesus abandonado, locam sujo, coisas quebradas, etc. Logo esse protestante fala “Se Jesus está aqui, porque está tão abandonado este lugar?” Logo chega alguns “fiéis”. Alguns jovens entram na Capela, fazem uma bagunça, conversam, riem alto, falam até alguma indecência – sem nem se importar com o irmão presente. E logo o protestante fala “Se Jesus está aqui, como comportam-se assim os católicos?” Chega ao fim do dia, e sua busca incessante pela verdade do Santíssimo Sacramento continua. Eis que entra na quarta Paróquia e está tendo uma Celebração do Santo Sacrifício da Missa. Dessa vez sem sustos, tudo muito belo, bem litúrgico. Mas ele logo pensa “Se isso é o Sacrifício de Cristo, e aí está presente verdadeiramente Jesus, como esses católicos participam? Como vou crer que este pedaço de pão é Jesus! Se fosse Jesus será que essa moça estaria com uma roupa tão curta aquele rapaz estaria com fone de ouvido, aquele casal estaria se agarrando? Se fosse Jesus realmente, as pessoas conversariam tanto durante a Missa? Se fosse Jesus as pessoas não se ajoelhariam? Querem me convencer que Jesus está presente. Só vi o quanto os católicos são mundanos”.

Daí este pobre protestante se afastou de vez da Igreja, portanto, se afastou do Santíssimo Sacramento. E devemos querer verdadeiramente catequizar e anunciar a verdade para nossos irmãos protestantes, pois Jesus deseja ardentemente que eles O comunguem, pois Ele mesmo diz ao instituir a Eucaristia Tenho desejado ardentemente comer convosco esta Páscoa, antes de sofrer. (Lucas 22,15)

Mas o fato é que em vez de atrair, afastamos. E por quê? Porque com a nossa boca dissemos para os protestantes: Jesus está na Santíssima Eucaristia; mas com a nossa atitude diante de Jesus no Santíssimo Sacramento, transpareceu o contrário. Eu honrando ou não, Jesus estará presente da mesma maneira. Só que para os que não creem, precisam ver também atos de adoração da minha parte para servir de testemunho. Portanto, se a Missa é o Sacrifício de Cristo, não se deve profaná-la com elementos mundanos e até coisas de religiões pagãs. Não podemos menosprezar o Santíssimo Sacramento.

Talvez tantos e tantos protestantes se converteriam se visse em nós, em nossa vida, em nossas atitudes, aquilo que professamos com os lábios. Oxalá um protestante real entre numa Paróquia – em solenidade ou não – e possa assistir a um Santo Sacrifício da Missa sendo celebrado de maneira piedosa, seguindo o Missal, sem profanação; que ao visitar o Sacrário contemple o zelo, respeito, pessoas recolhidas interiormente adorando Senhor; pessoas que não se envergonham de se ajoelhar no Sacrário ou na hora de Comungar, pois sabem que ali é o próprio Jesus da qual todo joelho se dobra diante d'Ele. Que esses protestantes tenham a feliz sorte de ver as Igrejas Católicas no mundo todo enfeitando as Capelas com flores, mas principalmente com orações. Oxalá os protestantes encontrem Paróquias que existem adoração perpétua, e então se questionem: “se faz-se escalas para adorar a Hóstia durante 24h por dia, algo de especial tem aí; quero experimentar”. Se desprezamos o Santíssimo Sacramento, como queremos que outros o honrem? Se vamos à Missa como se estivesse indo pra balada (se bem que tem gente que deve ir, convertei-vos em nome de Jesus!), como queremos convencer os que não creem de que estamos indo ao Calvário adorar e comungar Jesus? Claro, há pessoas que não sabem deste grandiosíssimo mistério de amor. Muitas pessoas agem assim (até pelas vestes) por ignorância. Mas falo aos que não são ignorantes, e para que possamos corrigir os mesmos na caridade e na verdade.

Por isso, amados irmãos e irmãs,
graças e louvores se deem a TODO momento,
ao Santíssimo e Diviníssimo Sacramento!

Salve Maria Imaculada, nossa Co-Redentora e Mãe!

Orações que o Anjo da Paz ensinou para os videntes de Nossa Senhora de Fátima, para que reparassem o Santíssimo Sacramento por causa das ofensas por Ele (Jesus) sofridas.
Meu Deus eu creio,
adoro, espero e amo-Vos;
peço-vos perdão pelos que não creem,
não adoram, e não Vos amam.”

Santíssima Trindade, Pai, Filho, Espírito Santo, adoro-

-Vos profundamente e ofereço-Vos o preciosíssimo Corpo, Sangue, Alma e Divindade de Jesus Cristo, presente em todos os Sacrários da terra, em reparação dos ultrajes, sacrilégios e indiferenças com que Ele mesmo é ofendido. E pelos méritos infinitos do Seu Santíssimo Coração e do Coração Imaculado de Maria, peço-Vos a conversão dos pobres pecadores.”


Nenhum comentário:

Postar um comentário