sexta-feira, 8 de maio de 2015

Nós precisamos de um povo que REZA


Salve Maria Imaculada, nossa Co-Redentora e Mãe!

Em meio a sociedade que cada vez mais entra em colapso, em meio a tantos rumores de revoluções, guerra, prelúdio de catástrofes, desastres, pra alguns até o fim do mundo; fico questionando-me o que temos feito para mudar tudo isso. Se o mundo lá fora é só guerra, morte, destruição, prostituição, etc., o que temos feito para mudar este quadro catastrófico?

Falo aqui de maneira especial do pecado. O mundo é mal e o espírito de satanás tem triunfado na pervertida sociedade – como diria a Beata Elena Guerra ao Papa Leão XIII -, porém, Nossa Senhora em 1917 apareceu e proclamou na autoridade de Mãe de Deus “Por fim o Meu Imaculado Coração triunfará”. Se no mundo há pecado em abundância, tenhamos fé que “onde abundou o pecado, superabundou a graça” (Romanos 5,20). E há de ocorrer este milagre da Misericórdia divina.

Mas nós não podemos ficar inertes diante da promessa de Nossa Senhora. Pois Ela disse que Seu Coração triunfaria, mas nos deu uma missão: rezar. Em Fátima Nossa Senhora disse-nos “Muitas almas vão para o inferno por não haver quem reze e se sacrifique por elas”. Você consegue dormir tranquilo sabendo que muitas almas estão se condenando, e nós poderíamos ajudá-las se rezássemos mais? A Virgem Maria também disse que se rezassem o Terço todos os dias alcançariam o fim da guerra, mas se não deixassem de ofender a Deus viria uma guerra pior. E foi o que aconteceu: obteve-se o fim da 1ª Guerra mundial, mas como prosseguiram as ofensas a Deus, veio a 2ª. E as ofensas a Deus só tem aumentado, por isso o nosso caminho deve ser a conversão e a oração; caso contrário pode vim algo pior do que foi a 2ª Guerra mundial, pode vim a dolorosa purificação tão anunciada em outras aparições: o grande castigo. A Virgem Maria pediu a consagração da Rússia ao Seu Imaculado Coração para que os seus erros (da Rússia) não se espalhassem pelo mundo. Infelizmente não demos ouvidos a grande Mãe de Deus, e o mal se espalhou.

Mas porque citei aqui um breve resumo das aparições de Nossa Senhora em Fátima? Porque quero alertar para todo o mundo que “a vitória no combate não depende do número, mas da força que desce do céu”(1Macabeus 3,19). Sim, ó gente de bem que se propõe a nadar contra a correnteza, não é pela quantidade de pessoas, de inteligencia humana, de alianças humanas, com palavras, etc, que venceremos o mal que quer se instaurar mais ainda no Brasil e no mundo, mas a nossa vitória vem do próprio Deus que agirá nesse fim dos tempos por Maria Santíssima. Em meio a desesperança que vem bater a porta, renunciemos esta tentação, e olhai para a nossa esperança, a Virgem Maria, que traz a Misericórdia de Jesus, pois se estamos sob tantas ameaças, saibamos que “temos por auxílio o socorro do céu” (1Macabeus 12,15).

Não temamos o Comunismo que muitos achavam estar morto (outros teimam em achar ainda), e que tenta se instaurar no nosso país até mesmo com auxílio de gente de dentro da Igreja (mal sabem – e se sabem pior ainda – que a Igreja condena com excomunhão os socialistas e comunistas. Pio XII afirmou que ninguém pode ser verdadeiro socialista e católico ao mesmo tempo). Se o partido que nos governa é declarado socialista, se as leis que querem aprovar são iniquas e anti-cristãs, se cresce a desordem no Brasil, se nas terras de Santa Cruz começam a aumentar as invasões às Igrejas profanando os Sacrários, quebrando imagens, tocando fogo, fazendo cosias obscenas, queimando Bíblias, etc., nós temos uma arma muito mais poderosa do que os argumentos políticos: a oração.

Falo tudo isso porque em meio a triste situação que o Brasil tem vivido, vejo muitas pessoas de bom coração colocando sua esperança em tanta coisa: são intelingentes humanamente falando com seu notável conhecimento, falam bem, desmantelam a esquerda com belos argumentos. Mas ler “O mínimo que você precisa saber para não ser um idiota” de Olavo de Carvalho não é o suficiente para salvar o Brasil do Comunismo. Pegar os ensinamentos do Olavo sobre, e colocar em prática (os bons, claro), é ótimo, mas não salvará o Brasil da pérfida serpente comunista. Canais no Youtube, passeatas, manifestar na Esplanada dos Ministérios, panelaço, tudo isso é bom que façamos, mas isso não livrará o Brasil da serpente. Alguns desesperadamente clamam por intervenção militar. Os militares não salvarão o Brasil, pois o nosso auxílio vem do Céu com a Milícia CELESTE, e não das forças armadas humanas. Votar em fulano, ciclano, no primeiro espertalhão que aparecer dizendo ser anti-PT não salvará o Brasil. Tudo isso que disse é lícito e necessário. Não devemos negligenciar nossos estudos; devemos ensinar para as pessoas o que aprendemos; devemos usar da internet e outras mídias para anunciar a verdade; devemos, na medida em que a democracia ainda permite, tentar votar em alguém que possa fazer algo. Mas nada disso salvará o Brasil por si só.

E aqui é onde mora o problema: o que salvará o Brasil?

Ano passado fiz uma viagem para o Rio Grande do Norte visitar alguns parentes. Era outubro, mês de eleições presidenciais. Eu estava tão vidrado nos assuntos políticos que mais parecia comentarista político do que missionário. Claro, como católico leigo cabe a mim os assuntos políticos. Mas to dizendo que tava dando confiança demasiada e desnecessária a tais assuntos. Para terem ideia, certo dia uns parentes da minha mãe que moram distantes foram visitar-nos. E começamos a conversar sobre política. Senta cacetada na Dilma daqui, paulada em Lula dali. Tenta fazer algo para votarem no Aécio e tentar amenizar as coisas. Percebi que de fato o povo vota no PT por ignorância, e no PSDB por falta de opção decente. Vi algumas pessoas abrirem os olhos politicamente. E eu estava tão “animado” com a política que já dava soluções econômicas para a cidade de 35mil habitantes poder crescer financeiramente sem a necessidade de se apegar ao Bolsa Família. Amados irmãos e irmãs, eu já poderia me candidatar, o discurso eu já tinha. Para terem uma ideia, minha avó materna é cega e estava em sua rede na sala ouvindo a conversa. Quando os parentes foram embora ela perguntou para minha mãe quem era o homem que estava falando de política. Ela não reconheceu minha voz. Ou melhor: não reconheceu o assunto que o neto falava com tanto ardor. Era eu mesmo?

O fato é que em certo dia fui até a Igreja da cidade. Ao entrar na Igreja me deparo com um homem bêbado no presbitério. Fui até o banco da igreja, fui me ajoelhar... Ele me chama para ir até ele. Opa... Ele então me pede ajuda. E olha nos meus olhos e fala mais ou menos assim: “Filho, essa cidade não precisa de quem ganha dinheiro, essa cidade precisa de quem reza”. Não precisa nem dizer o quanto essas palavras me desmontaram! Na realidade, talvez surtem mais efeito hoje, entendendo o que Deus me falava por aquele homem, do que na época em si. Eu que já tinha na mente o plano “perfeito” para fazer as pessoas terem uma fonte de renda pelo trabalho, e eis que aquela cidade não precisa do meu projeto político em primeiro lugar, mas sim do Reino de Deus. Lembro ainda que meu tio aqui de Brasília havia me pedido para pesquisar como abrir uma franquia de uma famosa lanchonete, pois pensava em abrir uma nesta cidade. Grande porcaria! O mensageiro de Deus fala-me, diante do Sacrário, aos pés do altar de Deus, que o que essa cidade precisa não é de quem ganha dinheiro, mas sim de quem reza.

Aquela cidade e o Brasil não precisam em primeiro lugar de quem esquente a economia, ela precisa de um povo que reza. O Brasil não precisa de um novo partido político, em primeiro lugar, mas precisa de novas comunidades e apostolados verdadeiramente católicos que queiram se comprometer com a vida de oração. O Brasil não precisa de um regime militar, mas precisa que se levante o Exército da Imaculada a combater pelo poder do Rosário. Aí está a nossa vitória. Sim, estudemos política, falemos quando for conveniente sobre a política, mas saibam que o que salvará o Brasil é a conversão e a oração. Pode os maiores jornalistas escreverem denunciando o PT e o Foro de São Paulo que nada acontecerá (como temos visto); mas se nós botarmos o joelho no chão e rezarmos nosso Terço ou Rosário diariamente... Ah, maravilhas das graças de Deus contemplaremos. Lembro que em 64 quando o Brasil foi livre da tomada comunista, 90% da população era católica e em sua maioria comungava e confessa frequentemente e as famílias rezavam o Terço diariamente. Quer que os meios humanos deem certo? Volte a 64 pelo Rosário, jejum, oração, confissão, e verás não um regime militar, mas a Milícia Celeste comandada por São Miguel Arcanjo obedecendo aos comandos da Santíssima Virgem vindo em nosso socorro.

Por isso, exorto que mais do que marchas pedindo impeachment da Presidente, marquemos orações do Terço em praça pública. O Pai-Nosso rezado em frente a Catedral de Brasília em uma das manifestações nos obteve muito mais vitória do que tantos compartilhamentos no facebook de denúncias de corrupção.

São João Paulo II rezando o Terço
São Luís Maria Grignion de Montfort vai nos ensinar na sua obra “O Segredo do Rosário” que A oração pública é muito mais poderosa que a oração individual para apaziguar a ira de DEUS e obter Sua Misericórdia. A Santa Madre Igreja, guiada pelo ESPÍRITO SANTO,vsempre tem intercedido com orações públicas em tempos de tragédia e sofrimentos públicos.” Ora, nos unamos como exército de Nossa Senhora e passemos a rezar o nosso Rosário pelo Brasil e pelo mundo.

Meus amados irmãos, lembremos sempre: não é com armas humanas que venceremos o mal, mas com o auxílio da Santíssima Virgem. Não ponham a confiança no intelecto, mas sim na Imaculada. Se nós rezarmos verdadeiramente clamando Misericórdia, o próprio Espírito Santo nos clareará o intelecto, nos dará palavras poderosas nos debates, palestras, etc. Agora se deixarmos de rezar para estudar, será um conhecimento humano, e este não tem poder de vitória contra o mal. Esta promessa de vitória foi dado à Santíssima Virgem (cf. Gênesis 3,15; Apolipse 12); e a própria Virgem fala “Aquele que me ouve não será humilhado, e os que agem por mim não pecarão” (24,30). Ou seja, não terão a humilhação da condenação eterna por consequencia de serem preservados por Ela do pecado, Ela que é Imaculada e cheia de graça.

Ergamos o nosso clamor, pois se clamarmos por Misericórdia Ele nos atenderá. Agora não adianta lutar contra o mal e pertencer ao mal. Digo, não adianta querer lutar contra o socialismo/comunismo e viver com uma amante, vive indo pra balada, transa antes do casamento, toma anticoncepcional (que também é abortivo junto com o DIU, pílula do dia seguinte, etc), diz ser anti PT mas quer aprovar controle de natalidade aprovando vasectomia (sendo que o próprio PT tem acordos internacionais para aprovar isso). Enfim, é por causa da prostituição do povo e da negação completa deDeus que vemos por aí, que Deus está a nos entregar para o Comunismo. Quer ver o Brasil sem essas carniças petistas do Foro de São Paulo? Quer ver um país verde, que se respira fundo alegremente? Quer um país próspero de verdade? Olhe pra Jesus Crucificado e confesse “pai, pequei contra o céu e contra ti; já não sou digno de ser chamado teu filho.” (Lucas 15,21) E Cristo te dirá o mesmo que disse à Santa Maria Madalena: “Vai e não tornes a pecar”. Em outras palavras: procure um padre e confesse teus pecados para que verdadeiramente sejam perdoados (cf. João 20,21-23; Tiago 5,16)

Nossa Senhora apareceu no Brasil em 1936 na cidade de Pesqueira-PE e nos alertou que o Comunismo entraria no Brasil. Ela disse que não entraria naquele momento porque o povo estava rezando e fazendo penitência. Será que não é por falta de oração e sacrifícios que vemos o foro de São Paulo transformar a América Latina numa ditadura suja e nojenta?

Nesta aparição de Nossa Senhora, as crianças viam e ouviam Ela, mas o padre nem via nem ouvia. Nossa Senhora mandou chamar um padre. E aqui ficamos boquiabertos com a aparição: o padre perguntava pra Nossa Senhora (sem ver, somente confiando no testemunho das crianças após testá-las) em alemão, por exemplo, e aquelas crianças ignorantes ao ouvirem a Mãe de Deus responder em português comunicava ao padre.

Quero então encerrar este texto citando-vos alguns trechos desta aparição para que fique ratificado no seu coração que a nossa vitória não depende das vias humanas, mas de Deus. O que devemos fazer em primeiro lugar é buscar o Reino de Deus e sua justiça, ou seja, confessar nos pecados, nos emendar, e rezar diariamente o Santo Terço. Eis o diálogo com Maria Santíssima:

"Minhas filhas, virão tempos calamitosos para o Brasil! Dizei a todo o povo que se aproximam três grandes castigos, se não fizer muita penitência e oração."

Que significa o sangue das vossas mãos? – “Representa o sangue que será derramado no Brasil”.
Que é necessário fazer para desviar os castigos? – “Penitência e oração”.
Qual a invocação desta aparição? – “Das Graças”.
Que significa o sangue que corre das vossas mãos? – “O sangue que inundará o Brasil”.
Virá o comunismo a penetrar no Brasil? – “ Sim”.
Em todo o País? – “Sim”.
Os padres e os bispos sofrerão muito? – “Sim”.
Será como na Espanha? – “Quase”.
Quais as devoções que se devem praticar para afastar esses males? - “ Ao coração de Jesus e a mim”.
Não basta só uma? – Não.
Quereis que se pregue sobre este assunto? – Sim.
Esta aparição é a repetição de La Salette? – “Sim”


Isso é um pequeno resuminho. Busque estudar sobre estas aparições de Nossa Senhora. Mas desde já lembro: Nossa Senhora disse que para evitar os três grandes castigos que viriam para o Brasil se fazia necessário o povo fazer penitência e oração; e acrescenta que para evitar o Comunismo deveria-se ter devoção ao Seu Imaculado Coração e ao Sagrado Coração de Jesus. Não a um só, mas aos dois. Portanto, Rosário e Comunhão reparadora.


Nossa Senhora quer que nós rezemos o Rosário e comunguemos Jesus. Nossa Senhora quer que façamos penitência, jejuns, etc. Se isso, nossos livros, artigos, manifestações, etc., não obterão o resultado que esperamos. Para obter o resultado que esperamos esses meios humanos devem estar com o combustível da oração. Pois não é contra homens de carne e osso que lutamos, mas sim contra os principados e potestades do inferno.


Em outra aparição Nossa Senhora disse que nós esquecemos que pelo jejum e pela oração se podem até mesmo parar as forças da natureza. Portanto, Nossa Senhora não vem anunciar a desgraça, mas vem nos pedir que façamos aquilo que nos cabe para evitá-las: conversão, sacrifício, oração (principalmente terço).
Em Medjorge há muita discurssão sobre a autenticidade da aparição, mas lá Ela nos ensinou a usarmos 5 pedras para vencer o nosso Golias. E cito aqui para relembrar que são estes os meios que temos para vencer o Golias da Maçonaria, Comunismo, ou seja lá quem for que se levante contra a Igreja de Deus:
 Eu lhes dou a arma contra o seu Golias. Aqui estão as cinco pedrinhas”:
1- Receber a Sagrada Eucaristia com freqüência, se possível, diariamente;
2- Ler e meditar pequenos trechos da Bíblia Sagrada para por em prática no dia a dia. (Todas as quintas-feiras ler e meditar Mt 6, 24-34);
3- Rezar o Rosário completo, diariamente;
4- Confessar-se mensalmente;
5- Jejuar a pão e água às quartas e sextas-feiras.


* Lembrando que Ela falava para pessoas mais adiantadas na via espiritual. Portanto, onde Ela fala “rezar o Rosário completo” lembremos do que Ela pediu em Fátima e rezemos pelo menos o Terço diário. Se podes rezar o Rosário completo, bendito seja Deus, mas se não, seja fiél no Terço e Nossa Senhora já se alegrará com sua oração.
E quanto ao jejuar a pão e água duas vezes por semana, lembremos também que nem todos conseguem tal feito. Por isso nós, fracos que somos, busquemos um diretor espiritual que nos auxiliará a fazer um jejum ou outra penitência conforme nossa capacidade. Afinal, fazer jejum acima das forças pode ser inspiração do demônio para nos distrair da oração. Se podes fazer jejum a pão e água, ótimo, mas se não podes por diversos motivos, faça ao menos o que a Igreja pede: abster-se de carne nas sextas feiras. Alguém aqui morrerá se não comer carne nas sextas-feiras do ano? Portanto, façamos o mínimo que é essa abstinência, depois conforme a graça de Deus, amente.


Eis do que o Brasil precisa: de gente que reza. Por isso São João da Cruz dizia que o demônio teme uma pessoa unida a Deus como ao próprio Deus.


Vem, ó Virgem Maria, vem nos auxiliar e nos libertar do poder do inimigo. Vem em socorro do Brasil, Vós que sois Mãe e Rainha do Brasil. A Vossa proteção recorremos Santa Mãe de Deus, não desprezeis as nossas súplicas em nossas necessidades, mas livrai-nos sempre de todos os nossos inimigos.

"Se meu povo, sobre o qual foi invocado o meu nome, se humilhar, se procurar minha face para orar, se renunciar ao seu mau procedimento, escutarei do alto do céu e sanarei sua terra" (2Crônicas 7,14)

Salve Maria Imaculada, nossa Co-Redentora e Mãe! Viva Cristo Rei do Universo!

Saiba mais sobre as aparições de Nossa Senhora no Brasil e em La Salette assistindo o seguinte video: 





Nenhum comentário:

Postar um comentário