quinta-feira, 30 de abril de 2015

MAIO: MÊS DE MARIA EM JEJUM, PENITÊNCIA E ORAÇÃO



Salve Maria Imaculada, nossa Co-Redentora e Mãe!

Amados irmãos e irmãs, o mês de maio para nós Católicos é um mês especialíssimo. O mês de maio é o mês de nossa querida e amada Mãe Maria Santíssima. Antigamente o costume era ter o mês de outubro como o mês mariano pelo fato de ser o mês de Nossa Senhora do Rosário (7 de Outubro); mas os fiéis filhos de Maria passaram a devotar sua ternura e amor para com sua Mãe no mês de Maio; além do fato de que no dia 31 é o dia da Coroação de Nossa Senhora onde honramos-A como nossa Rainha, aliás, como a Rainha do Céu e da terra; em maio é também o mês que se celebra a festa de Nossa Senhora de Fátima, talvez a mais importante aparição de Nossa Senhora que impactou o mundo todo e tanto faz temer os inimigos da Igreja.

Nossa Senhora apareceu pela primeira vez em Fátima em 13 de Maio de 1917 aos três pastorinhos, Lúcia, Jacinta e Francisco, na Cova da Íria. Era um tempo muito difícil para a Igreja e para a sociedade; revoltas, guerras, revoluções, traições. Mas Nossa Senhora veio e nos disse “Por fim o Meu Imaculado Coração triunfará”. Eis uma grande consolação para nós também nos dias de hoje: por mais que estejamos rodeados de lobos – até na Igreja -, com rumores de revoluções, guerra, crises, fome, miséria, desastres, mortes, etc., confiemos em nossa querida Mãe, pois por fim Seu Imaculado Coração triunfará sobre esta pervertida sociedade e iremos para Seu Colo santo e maternal onde encontraremos o Doce Jesus.

Neste mês costumam os verdadeiros cristãos tributarem maior ternura e veneração para com a Mãe de Deus e nossa. É muito belo. É um mês propício para se receber graças temporais e principalmente espirituais. Quereis um milagre? Pede a Maria Santíssima neste tempo. Mas principalmente este é o tempo de se suplicar à Imaculada que nos conceda a salvação da nossa família; não só pedindo que livre-a do flagelo do divórcio, mas que salve a alma de cada membro da nossa família. Portanto peçamos pela conversão dos pobres pecadores. Jesus disse para Santa Faustina que a oração pelos pecadores é Sua oração preferida e que esta é sempre atendida. Agora imagine se pedirmos pelos pecadores por Maria, com Maria e em Maria! Que chuva de graças! Não é difícil compreender, portanto, do porque neste mês e em festas marianas em geral, ocorrem tantas graças de conversões. Os santuários marianos estão cheios de exemplos: pessoas que por vezes pagam promessas, choram, testemunham, a grandiosidade do poder da intercessão da Mãe de Deus.

Mas de maneira especial gostaria de te convidar a passar um mês com Maria diferente. Essas graças de Maria Santíssima descem em abundância neste mês, porque neste mês é uma época em que as pessoas passam a lembrar-se mais da Mãe e rezam mais o terço, por exemplo. E ofertando esta Coroa de Rosas à Nossa Senhora, Ela faz chover sobre nós as pétalas de suas graças suaves e especiais. Ah, que bela e bondosa é a Santíssima Virgem: Oferecemos uma coroa com rosas murchas muitas vezes (pelas distrações nas Ave Marias e até por causa dos pecados) e mesmo assim Ela, cheia de Misericórdia que é, nos manda uma chuva abundante de rosas belas, perfumadas, em tamanho tal que supera incomparavelmente com o pouco que lhe ofertamos. E com isso somos impelidos a mandar coroas (terços) com mais devoção e amor. E quanto mais damos a Ela, mais Ela nos é liberal e misericordiosa para conosco. Como é boa esta Mãe, que mesmo vendo a nossa incapacidade para Lhe ofertar algo, ou mesmo o nosso não merecimento em receber graças, mas mesmo assim consegue junto de Deus o vinho doce da graça de Deus. Ah, e em abundância. Porque se a graça é por Maria, vem pra transbordar. Aleluia!

Mas nós como filhos de Nossa Senhora, não podemos só querer receber as graças de Nossa Senhora, mas devemos ser canal desta graça para aqueles que necessitam. Por isso, convido a cada um a neste mês de maio (ou no tempo em que estiver lendo este texto) a não só pedir as graças para esta bondosa Mãe – até porque Ela no-las daria porque nos conhece, pois é Mãe fiel, e sabe do que necessitamos para mais agradar a Jesus -, mas a oferecer à Ela um sacrifício. Em resumo, não só queiramos que Nossa Senhora nos atenda um pedido, mas possamos nós, neste mês dedicado à Ela, atender os Seus pedidos benditos!

Como disse, Nossa Senhora apareceu em Fátima – Portugal em 1917, e o que mais Ela veio nos pedir foi: penitência e oração. Ela suplicou “parem de ofender a Deus que já está muito ofendido”. Portanto, mais do que nunca, possamos evitar todo pecado. Claro, evitar o pecado não é algo a se fazer somente em maio, mas todos os dias do ano. Mas busquemos colocar a confissão em dia e nos emendemos. Maria Santíssima, nossa querida Mãe, também disse “rezem o Terço todos os dias para alcançar o fim da guerra”. Os pastorinhos rezaram e falavam isso ao povo; e o fato é que a guerra acabou, porém, como não seguiram os alertas da Mãe de Deus, veio outra pior (2ª guerra mundial). O mundo está em guerra, nossos irmãos cristãos sendo perseguidos e mortos (como mostra a terceira parte do "segredo" de Fátima, que consiste na visão do Anjo e os cristãos assassinados), ameaça Comunista no Brasil, tanta situação complicada... Possamos então rezar nosso Terço todo dia. Não só em maio, mas aqui é um mês propício para começarmos. Se não sabem, buscar aprender, enfim, eis o tempo de começar a rezar mais o Terço. A grande Mãe de Deus disse ainda que viriam umas modas que ofenderiam muito a Nosso Senhora; Jacinta ainda acrescenta que quem serve a Deus não deve seguir as modas. Portanto, possamos olhar mais para a modéstia da Santíssima Virgem e nos vestir, portar, agir, de maneira cristã como devem fazer os verdadeiros servos de Deus, filhos de Nossa Senhora.

Mas de maneira especial, este mês de maio é um mês que devemos cumprir um pedido especialíssimo que Nossa Senhora nos fez, que talvez resuma o que citei acima. Ela disse para os pastorinhos após mostrar-lhes o inferno: “Vistes o inferno para onde vão as almas dos pobres pecadores. Para as salvar, Deus quer estabelecer no mundo a devoção ao Meu Imaculado Coração” E noutra vez disse-lhes: “Rezai, rezai muito; e fazei sacrifícios pelos pecadores, que vão muitas almas para o Inferno, por não haver quem se sacrifique e peça por elas”. E ainda fez este seguinte pedido de forma “solene”: Quereis oferecer-vos a Deus para suportar todos os sofrimentos que Ele quiser enviar-vos, em ato de reparação pelos pecados com que ELE é ofendido, e de súplica, pela conversão dos pecadores?” - Portanto, amados irmãos, possamos neste mês querer sim receber graças de Nossa Senhora, mas possamos ser canal da graça dEla para os pecadores que estão à beira de serem condenados ao inferno, fazendo nossas orações e penitências em honra à Nossa Senhora de Fátima, para que possam se converter e serem salvos.

Possamos fazer deste mês de maio uma verdadeira oferta à Mãe de Deus. Amais bela rosa do Jardim de Deus é Maria, e esta rosa faz chover suas pétalas (graças) para nós. Mas lembremos que para vir as rosas é preciso muitas vezes sentir os espinhos. Portanto, peguemos nos espinhos (oração, jejum, penitência) para que venha a Rosa da Misericórdia para os homens e mulheres que estão no mundo da perdição do pecado. Nossa Senhora também vem perguntar para você e para mim se queremos nos oferecer a Deus pela conversão dos pecadores. Aliás, se queremos neste mês nos unir a Ela, pela nossa oração suplicar Misericórdia.

Portanto, neste mês de Maria possamos rezar pelos pobres pecadores. Rezemos pelo clero (para que Deus dê a graça da santificação dos diáconos, padres, Bispos, Cardeais e para o Papa); pelos leigos que compõe o povo de Deus, por todos aqueles que não conhecem a Deus para que se convertam a verdade, por todos aqueles que necessitam da Misericórdia. Para me servir das próprias palavras da Virgem Imaculada “Rezai, rezai muito; e fazei sacrifícios pelos pecadores, que vão muitas almas para o Inferno, por não haver quem se sacrifique e peça por elas”. Amados(as), que possamos atender este pedido de nossa Mãe. Ela com certeza já nos deu inúmeras graças, e com certeza seremos inundados por Suas graças – pois Ela é CHEIA DE GRAÇA - neste mês e em toda a nossa vida. Possamos atender Seu pedido, já que Ela tem nos atendido e socorrido desde o ventre materno. Amém?

Possamos então fazer do mês de maio uma espécie de “Quaresma” em honra do Imaculado Coração de Maria. Assim como na Quaresma passamos este tempo com oração, jejum e penitência de maneira mais intensa do que em outros tempos, que possamos viver o mês de Maio da mesma maneira neste 31 dias. Faça jejuns neste mês em honra de Nossa Senhora. Faça algumas penitências em honra a Nossa Senhora, mesmo que leves (não faça algo exagerado da qual você não suporte e/ou se externe para os outros e torne-se causa de vaidade). Busque rezar o Terço todos os dias pedindo pelos pecadores.

Em suma, que tal você fazer a mortificação de rezar o Terço de joelhos, e até tentar rezar em um horário específico: 12h no horário que a Santíssima Virgem apareceu em Fátima, ou 03h da manhã como uma mortificação acordando esta hora e rezando combatendo o mal. Se não tens o costume, reze em família neste mês e tente dar sequência nos outros meses. Faça um jejum ao menos simples nas sextas-feiras (lembrando que ordinariamente todos os católicos devem ao menos fazer abstinência de carne nas sextas feiras do ano, segundo o Código de Direito Canônico. Pra quem não puder, no entanto, segundo norma da Conferência dos Bispos, pode-se substituir por outra penitência. Mas cá para nós: a maioria de nós pode não comer carne na sexta, não?). Faça uma caminhada (romaria) em honra a Nossa Senhora. Enfim, escolha ao menos uma dessas práticas ou uma penitência que costumas fazer na Quaresma. Faça uma abstinência, mesmo que simples, e oferte à Nossa Senhora pelos pecadores. Tenho certeza que agradaremos muitíssimo o Coração da Mãe de Deus. E além de poder salvar junto a Cristo as almas dos pobres pecadores, em gratidão nos enriquecerá com Suas ricas e copiosas graças, além de nos sustentar na hora da morte nos dando a vitória e, por certo, a salvação eterna, se sempre formos seus fiéis escravos de amor.

Enfim, como a própria Mãezinha nos ensinou em Fátima, após cada sacrifício que fizermos a Deus (que pode ser algo muito simples como suportar a fraqueza de um irmão, de alguém que não suporto, que tenho problema de relacionamento, por exemplo) fazermos a seguinte oração: “Ó Jesus é por Vosso amor e pela conversão dos pecadores e em reparação dos pecados cometidos contra o Imaculado Coração de Maria.” Portanto, após alguma penitência, ou mesmo se Deus permitir que aconteça alguma contrariedade, um sofrimento, até alguma doença, ou mesmo que uma pessoa que não gostemos nos importune, ao invés de murmurarmos, elevemos – apesar do real sofrimento que passamos – o Coração à Nossa Senhora e lhe façamos essa oração.

Enfim, quem topa passar este mês com Maria oferecendo à Ela nossas súplicas e orações pela conversão dos pobres pecadores?

Ó meu Jesus, perdoai-nos, livrai-nos do fogo do inferno; levai as almas todas para o Céu, e socorrei principalmente as que mais precisarem da Vossa Misericórdia” (Jaculatória ensinada por Nossa Senhora em Fátima).

_


Confesse os teus pecados para com um sacerdote e Comungue o máximo que puder neste mês em reparação aos pecados contra o Imaculado Coração de Maria e Sagrado Coração de Jesus.

-Jejum
-Rosário (Terço)
-Penitência (pode ser uma abstinência de algo que gostes, como costuma-se fazer na quaresma)
Tudo isso por Maria, com Maria e em Maria; para maior glória da Santíssima Trindade!

Salve Maria Imaculada, nossa Co-Redentora e Mãe! Viva Cristo Rei!


Nenhum comentário:

Postar um comentário