quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

Propósitos para o Ano Novo (por Santa Faustina)

Salve Maria Imaculada, nossa Co-Redentora e Mãe!

Ao contrário do que muita gente pode pensar, os santos também tinha propósitos para o novo ano civil. No primeiro dia do ano muitos renovam no seu coração o desejo de realizar seus projetos pessoais. Um novo ânimo surge. Uma pena é que nem sempre estes projetos são para o bem e, não poucas vezes, afastam do propósito que deveria ser o número um na vida de um Cristão: amar a Deus sobre todas as coisas e os nossos irmãos como a nós mesmos. Já os santos, animados por uma nova oportunidade de amar a Deus, faziam propósitos de santidade. Quero aqui postar um trecho do Diário de Santa Faustina, onde a Santa fala os seus propósitos para o ano de 1937. Estes propósitos também podem se encaixar na nossa vida. Que tenhamos os mesmos propósitos, ou pelo menos nos aproximemos. Que para o novo ano o Senhor nos dê a graça de cumprir o propósito de santidade. Como diria São Domingos Sávio: antes morrer do que pecar!

Segue Santa Faustina:

"+Propósitos para o ano de 1937, dia 1, mês I
Propósito específico: continuação da mesma coisa, isto é, unir-me com Cristo Misericordioso, isto é, saber como faria Cristo nesta ou naquela ocasião, e envolver espiritualmente o mundo todo, especialmente a Rússia e a Espanha*.

Propósitos gerais
I. Estrita observância do silêncio - silêncio interior.
II. Em cada Irmã ver a imagem de Deus, de onde deve decorrer todo o amor ao próximo.
III. Em todos os momentos da vida cumprir, fielmente, a vontade de Deus e viver nela.
IV. Prestar contas detalhadamente de tudo ao diretor e nada de mais importante empreender, sem se entender com ele. Procurarei desvendar claramente diante dele as mais ocultas profundezas da minha alma, lembrando-me de que estou tratando com o próprio Deus, embora em Sua vez é apenas um ser humano; oração diária pedindo luzes para ele.
V. No exame de consciência da noite fazer-me a pergunta: 'E se me chamasse hoje?...'
VI. Não procurar a Deus longe, mas conviver com Ele a sós no meu próprio interior.
VII. Nos sofrimentos e tormentos refugiar-me no Sacrário e calar-me.
VIII. Unir aos méritos de Cristo todos os sofrimentos, orações, trabalhos, mortificações, com o objetivo de obter misericórdia para o mundo.
IX. Aproveitar os momentos livres, ainda que curtos, para rezar pelos agonizantes.
X. Que não haja um dia na minha vida em que eu não recomende fervorosamente as obras da nossa Congregação. Nunca ter em consideração o respeito humano.
XI. Com ninguém ter familiaridade. Diante das meninas, firmeza benévola, paciência sem limites, puni-las severamente, mas com castigo tais como a oração e sacrifício de mim mesma; a força contida no aniquilamento de mim mesma na intenção delas é para elas um contínuo remorso de consciência, e enternecem-se os seus duros corações.
XII. A presença de Deus é o fundamento de todas as minhas ações, palavras e pensamentos.
XIII.Aproveitar toda a ajuda espiritual. Colocar o amor próprio sempre no seu devido lugar, isto é, no último. Fazer os exercícios espirituais omo se estivesse fazendo pela última vez na vida, e dessa maneira cumprir todas as minhas obrigações." 
(Diário de Santa Faustina nº861)

*É interessante Santa Faustina falar em continuar rezando pela Rússia e pela Espanha. Além de mostrar que já vinha rezando por estas nações, mostra a inspiração divina no seu coração para rezar por estes países tomados por revoltas. A Rússia Comunista que espalhou seus erros pelo mundo (como bem falara Nossa Senhora em Fátima, pedindo a consagração da Rússia ao Seu Imaculado Coração para que os seus erros não se espalhassem pelo mundo - erros estes que é o Comunismo/Socialismo) estava nas intenções de Faustina. E neste tempo não se tinha conhecimento do teor da mensagem de Fátima. E a Espanha passava pelo período de Guerra Civil, onde havia uma revolta comunista e muitos religiosos foram mortos. Houve uma grande perseguição à Igreja Católica. Não muito diferente do que vemos hoje e que, infelizmente, vemos acontecer no Brasil. Ainda é uma pequena chama, mas o fogo a perseguição à Igreja Católica, aqui no Brasil, tende a se espalhar. Então, como Santa Faustina tinha este propósito, possamos nós também rezar por nossa nação e pedir a proteção do Imaculado Coração de Maria contra o Comunismo/Socialismo.

Salve Maria Imaculada, nossa Co-Redentora e Mãe!
Viva Cristo Rei Misericordioso!

Um comentário:

  1. Oi. Gostei do blog, linguagem simples e instrutiva.Sou devota de Santa Faustina e nunca tinha reparado com precisão nesses propósitos de ano novo dela. Também tenho um blog com temas católicos e se quiser conferir, dá uma olhada:
    http://simplescomooar.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir