terça-feira, 9 de dezembro de 2014

O PECADO DA MASTURBAÇÃO E DA PORNOGRAFIA



Salve Maria Imaculada, nossa Co-Redentora e Mãe!


Bem-aventurados os puros de coração, porque verão Deus!” (Mateus 5,8)

Uma das grandes armadilhas que o inimigo tem usado para levar almas para o inferno é a pornografia e a masturbação. Como sempre tenho dito, vivemos em um tempo, em uma sociedade erotizada, em todo lugar tem uma armadilha do demônio pra nos fazer cair no pecado de impureza. E isso é bem perceptível. Devemos de fato praticar a mortificação do olhar e buscar o máximo possível não olhar para nada obsceno para ter a pureza. Se olharmos para um outdoor ali estará uma mulher nua... A mesma coisa acontece se olharmos pra capa de um jornal. Opa, melhor ouvir uma música... É, hoje só se canta indecência (em vários ritmos). Anda na rua, mulheres e homens andando quase pelados; rede social por vezes nos deparamos com a mesma cena. Por isso devemos fugir, furgir... Pois na luta pela castidade ganha quem foge. Fuja da ocasião de pecar.

Mas infelizmente existem muitas pessoas que caíram desgraçadamente na rede do inimigo e não só pecaram no vício da masturbação e da pornografia, mas acabaram caindo num vício maldito. O parágrafo acima foi apenas para lembrarmos que o combate sempre existirá; mas devemos tomar cuidado para não acharmos normais as situações citadas acima, pois de “pequenos” delitos poderemos rapidamente cair na pornografia propriamente dita e na maturbação. E alertovos, irmãos e irmãs, pornografia e masturbação são sim pecados mortais. Muitas pessoas dentro da Igreja tem falado para os jovens que se masturbar não é pecado, porém, é sim. E quero recorrer ao Catecismo da Igreja Católica para anunciar esta verdade:

Por masturbação se deve entender a excitação voluntária dos órgãos genitais, a fim de conseguir um prazer venéreo. 'Na linha de uma tradição constante, tanto o magistério da Igreja como o senso moral dos fiéis afirmaram sem hesitação que a masturbação é um ato intrínseca e gravemente desordenado.' Qualquer que seja o motivo, o uso deliberado da faculdade sexual fora das relações conjugais normais contradiz sua finalidade. Aí o prazer sexual é buscado fora da 'relação sexual exigida pela ordem moral, que realiza, no contexto de um amor verdadeiro, o sentido integral da doação mútua e da procriação humana'”
Para formar um justo juízo sobre a responsabilidade moral dos sujeitos e orientar a ação pastoral, dever-se-á levar em conta a imaturidade afetiva, a força dos hábitos contraídos, o estado de angústia ou outros fatores psíquicos ou sociais que minoram ou deixam mesmo extremamente atenuada a culpabilidade moral.” (Catecismo da Igreja Católica 2352)

Muito bem, neste trecho do Catecismo em que trata da masturbação, por acaso está escrito que este ato não é pecado? Muito pelo contrário, destaquei propositalmente a parte em que a Igreja nos fala que “a masturbação é um ato intrínseca e gravemente desordenado”. Este ato é pecaminoso; sai da função sexual natural que é a relação conjugal de um homem com uma mulher devidamente casados. A mastubação é um ato pecaminoso egoísta, onde busco o prazer pelo prazer comigo mesmo, sem amar, só querendo um prazerzinho qualquer.

Por isso gostaria de entender o porquê muitos sacerdotes dizem para os jovens que vão confessar este pecado que se masturbar não é pecado. Não sou eu, mas é a Igreja que diz que este é um ato desordenado. É um pecado mortal! Pior: existem padres que além de dizer que se masturbar não é pecado ainda recomendam que os jovens se masturbem pra não terem relação sexual com sua namorada. Acreditem, um jovem já me relatou que quando tinha um namoro impuro e foi confessar, o padre lhe mandou se masturbar pra evitar de ter relação com a namorada. Eu nem sei quem foi o sacerdote, e nem quero saber... Falo isso com todo respeito a todos os sacerdotes do mundo, pois é por eles que vem a salvação pela ministração dos sacramentos. Mas falo no temor de Deus triste ao ver a juventude (e mesmo os não jovens) dispersos, sofrendo, angustiados no pecado, andando como ovelhas sem pastor; pois estão feridas, e quando vão buscar a cura, muitos que tem o remédio dizem que o veneno não faz mal, mas ainda recomendam beber este veneno do pecado.

Talvez este pensamento errôneo que muitos padres, catequistas, pregadores, coordenadores de jovens, etc., tem acerca da masturbação venha por uma interpretação um tanto quanto distorcida do texto do Catecismo. No final do artigo citado, o Catecismo fala que “para formar um justo juízo sobre a responsabilidade moral dos sujeitos e orientar a ação pastoral, dever-se-á levar em conta a imaturidade afetiva, a força dos hábitos contraídos, o estado de angústia ou outros fatores psíquicos ou sociais que minoram ou deixam mesmo extremamente atenuada a culpabilidade moral.” Mas em nenhum momento está falando que não é pecado. Isso significa que cada caso é um caso, e eu não posso deixar de levar em conta história de cada um. Ora, a masturbação pode tornar-se um vício. Com este trecho do CIC entendemos que ao confessar, o padre deve levar em conta o estado psíquico, o hábito que a pessoa contraiu. Gente, há pessoas viciadas em masturbação e pornografia. Conheço pessoas que relatam que se masturbavam 3, 4, 5 vezes por dia. O saudoso Padre Leo dizia que o vício da masturbação é pior do que o vício de drogas – em certo sentido, obviamente – porque uma pessoa pra comprar droga deve ir até a “boca de fumo”, por exemplo; já quem é viciado em masturbação não precisa ir a lugar nenhum, porque o objeto que ele é viciado pra sustentar o seu prazer desordenado está no seu próprio corpo, ou melhor, é o seu próprio corpo. Por isso a Igreja faz aqui um alerta dizendo que na ação pastoral deve-se de fato levar em conta a história, a imaturidade afetiva, o hábito contraído... Veja, se uma pessoa viciada em crack vai confessar com um padre, ele, com certeza, vai olhar a situação daquela pessoa. O padre não vai poder cobrar muito daquela pessoa porque vê o estado em que está o vício desse viciado; porém, se tiver amor a Deus e ao próximo, irá orientá-la a buscar ajuda, a tentar largar o vício. Assim é com o vício da masturbação, o padre ao ver que o jovem é viciado, deve saber que a carne dele já acostumou, mas deve compreender a situação do hábito contraído e buscar orientá-lo a ir largando este pecado. Isso vale pra masturbação ou qualquer outro pecado que tornou-se viciante. Aqui o pecado não deixa de ser pecado, mas a Igreja como Mãe que é ensina isso para que um jovem não vá confessar este pecado hoje, e amanha ao cair de novo e logo ir confessar o padre gritar “de novo!?”. Não, a Igreja fala que os padres, eu como leigo que acabo tendo muito contato com jovens que acabam partilhando as dificuldades, devemos levar em conta toda a situação. Afinal, vamos bater nas criaças de 12, 13 anos que já são viciadas nessa porcaria? Ó, que triste realidade. Devemos acolher com Misericórdia, porque muitos estão viciados e já acham normal este pecado. Não podemos legitimá-lo. Afinal, como legitimar algo que leva almas para o inferno?

Antes de falar mais dos males da masturbação, algo que normalmente anda junto com ela é a desgraça da pornografia. A Igreja também nos alerta sobre isso:

A pornografia consiste em retirar os atos sexuais, reais ou simulados, da intimidade dos parceiros para exibi-los a terceiros de maneira deliberada. Ela ofende a castidade porque desnatura o ato conjugal, doação íntima dos esposos entre si. Atenta gravemente contra a dignidade daqueles que a praticam (atores, comerciantes, público), porque cada um se torna para o outro objeto de um prazer rudimentar e de um proveito ilícito. Mergulha uns e outros na ilusão de um mundo artificial. É uma falta grave. As autoridades civis devem impedir a produção e a distribuição de materiais pornográficos.” (CIC 2354)

Ora, está escrito que não é pecado? Pelo contrário, está escrito de forma clara que é algo ilícito. Meus irmãos, hoje a pornografia e a masturbação tem destruído a juvente, homens e mulheres. Sim, infelizmente satanás conseguiu fazer confusão na própria mente feminina.

Nossa Senhora quando apareceu em Fátima, disse que os pecados de impureza são os que mais levam as almas para o inferno. Uma beata da Igreja, Ana Maria Taigi, teve uma visão no século XIX de almas caindo no inferno como flocos de neve caindo sobre a terra no inverno (de onde neva, obviamente). Na própria aparição de Nossa Senhora em Fátima Ela disse que muitas almas vão para o inferno por não haver quem reze e se sacrifique por elas. Bom, se são muitas como flocos de neve, e se a maioria cai no inferno pela impureza, alguma dúvida de que as redes que satanás mais arrasta as pessoas para o inferno são as da masturbação e da pornografia?

Ora, o próprio Senhor disse Todo aquele que lançar um olhar de cobiça para uma mulher, já adulterou com ela em seu coração” (Mateus 5,28). Portanto se uma pessoa, mesmo que não se masturbe, ao olhar uma revista pornográfica ou um filme pornográfico, já contaminou sua mente com algo impuro, e já adulterou com aquela mulher ou com aquele homem em seu coração. Portanto, já cometeu pecado mortal. “mas foi só uma vez” Confesse, pois para ir para um inferno basta um pecado mortal. Confesse, não deixe pra amanhã, vá hoje.

Talvez você que está lendo este texto não seja só uma pessoa que veja pornografia, mas seja uma mulher ou um homem que vive da pornografia. Ou mesmo alguém que faça o ato desordenado chamado “sexo virtual” onde troca-se fotos e videos, fazem imagens na WebCam de cenas de sexo e coisas íntimas... Quero exortar-vos, pois, a uma verdadeira conversão. Procurem um padre e confessem os seus pecados. Saibam, meus queridos irmãos e irmãs, que Santa Catarina de Sena ao questionar a Deus porque na Parábola de Lázaro e o homem rico (Lucas 16,19-31), este ao ser condenado ao inferno, vendo Lázaro e Abraão no Céu, pede para avisar seus irmãos que também viviam uma vida dissoluta para que se convertessem; porque então ele pede isso, pois não seria um ato de caridade querer que alguém não fosse condenado ao inferno? E como poderia alguém ser condenado ao inferno tendo caridade? A resposta de Deus para Santa Catarina de Sena foi de que o homem rico condenado não teve um ato de caridade, mas é que os condenados ao inferno têm suas penas aumentadas por toda eternidade toda vez que alguém aqui na terra, após morrer, também é condenado ao inferno após ter entrado na vida de pecado por seu mau exemplo. Ou seja, o homem rico queria que seus irmãos não fossem condenados, porque ele tinha sido o grande mau exemplo que levou muitos ao pecado; portanto, cada irmão, cada conhecido, cada amigo condenado ao inferno por seu mau testemunho, sus penas aumentaria.

Diante deste testemunho, pense como é então para um ator ou uma atriz pornô que é condenado ao infenro! Que desgraça deve ser. Cada jovem, cada homem, cada mulher, cada pessoa que é condenada porque consentiu em cometer torpeza em seu próprio corpo, ou mesmo porque desejou cometer a impureza em seu coração, que for condenado, essa pessoa terá as penas aumentas. E neste tempo da internet então em que tudo “viraliza”... Por isso vos peço, em nome de Jesus e pelos méritos da Co-Redenção da Virgem Maria, você que faz essas coisas, renuncie este trabalho de escravo do demônio e seja puro e casto.

Até lembro do que o próprio Jesus disse para a Beata Ângela de Foligno, onde disse que esta, no dia do seu juízo, vendo os pecados em que os homens cometeram ao olhar para o seu corpo escassamente coberto, ela mesma sentiria vergonha. E você, como se sentirá ao ver o que os homens e mulheres pensaram e fizeram ao ver você nú, nua, e fazendo atos sexuais ou simulando-os. Faça como a Beata Ângela de Foligno, renuncie a vida velha, pois Cristo faz tudo novo!

Voltando para quem assiste pornografia e acaba sendo viciado em masturbação, saibam que isto é como uma praga, uma doença que vai corroendo até te matar.

Me supreende muitos tratarem a masturbação como normal e como algo até necessário. Muitos “profissionais” da saúde que vão nas escolas ou nas emissoras de TV, dizem que o rapaz deve se masturbar por causa dos hormônios... Pura mentira de satanás. Rapaz, você não ficará doente por não se masturbar, como alguns se brincar dizem. Nós homens produzimos espermatozoides, mas não havendo um ato sexual – porque fora do casamento é pecado, obviamente, só pra deixar claro – você não precisa se masturbar pra “se livrar” do “material” que o seu corpo produz sozinho, é biológico. O homem tem algo chamado “polução noturna” que é quando, algumas vezes, ao estar dormindo ocorre uma ejaculação. Por isso quando um médico disser que você tem que se masturbar, pergunte: e a polução noturna serve pra quê então? (Lembrando que a polução noturna não é pecado, é algo que você não pode controlar. A não ser que você vá dormir após ficar pensando em coisas imorais e até ter visto por própria culpa coisas imorais. Aí o pecado já foi no ato de ter consentido nessa imoralidade toda)

Coisas que a TV, escola e muitos médicos não vão te dizer:
A masturbação é um vício que corrói e destrói o ser humano de tal maneira, que desordena até aquilo que é belo. Muitos não falam, mas existem vários homens que atingiram um grau tão grande de vício na masturbação que não conseguem sentir prazer com sua esposa. Sim, o homem prefere se masturbar do que ter uma relação com sua esposa. É ou não doença? Num material de estudo sobre isso, vi relatos até mesmo de mulheres que estavam viciadas em masturbação e preferiam se masturbar do que ter relação com um homem.

Ao citar isso numa pregação pra jovens, um pregador que estava presente falou que direto nas missões que ele faz aparece homens lhe pedindo ajuda sobre isso. E tudo começou como? Ora, desde cedo vendo pornografia e se masturbando. O homem foi treinado a ser egoísta, e viciou-se neste ato egoísta. Afinal, pra que ter relação com a esposa se ele pode ter prazer consigo mesmo. Claro, quando a pessoa chega neste estágio ele não quer que isso aconteça, mas a carne, o vício, aquilo que o corpo ficou acostumado, “programado” o obriga a fazer isso. O homem quer ter sua relação de amor conjugal com sua esposa, porém, a carne tá acostumada com o pecado da masturbação e da pornografia. E para aqueles que são casados e entendem o que é o matrimônio é um grande sofrimento; afinal desejam ardentemente amar sua esposa em Deus, viver a santidade no matrimônio, mas a ferrugem do vício o corrói.

Também não vão dizer para você que muitos homens ficam impotentes por causa da masturbação. Como assim? Pois é... Muitas pessoas começaram a ver pornografia na mais tenra infância, e passaram a adolescência toda se masturbando várias vezes por dia, vários dias por semana... Enfim, acabaram ficando impotentes. Aí eu pergunto: vale a pena?
Dificilmente te dirão que a masturbação e pornografia podem levar a pessoa à homossexualidade. Afinal, ao se viciar na masturbação, e ao se ver sem conseguir ter prazer com sua esposa, logo cai na tentação de querer buscar prazer de forma diferente. Veja, como uma pessoa que se vicia na maconha, logo ela vê que o efeito está pouco e ela quer mais... Vai pra Cocaína, e depois em outra mais pesada. Da mesma forma, uma pessoa viciada em pornografia, até mesmo chegando a casar, vendo que não se satisfaz com sua esposa, e vendo que não é feliz na masturbação, procurará a homossexualidade como uma resposta. Onde também verá que não é feliz. Onde tudo é busca desenfreada do prazer pelo prazer. Mas a felicidade encontra-se em Deus. Por isso, busque ajuda psicológica, mas principalmente busque ajuda em Deus, pois Ele é a verdadeira felicidade. Você trocará de prática, de pessoa, fará outros e a si de objetos e não será feliz enquanto não perceber que está sendo um objeto nas mãos do encardido, pois a felicidade tem nome e sobrenome: Jesus Cristo. Peça a graça dessa experiência real com Jesus e verás que Ele pode te curar, te libertar, e te dar a felicidade que tens procurado nas coisas, nas pessoas, nas práticas. Ele é o que preenche o vazio existencial no homem. Jesus é a solução da nossa vida.

Outra coisa que não vão te dizer é que foi feito um estudo onde mostra que uma parte considerável de homens atingidos pelo câncer de próstata com menos de 40 anos, eram viciados em masturbação.

Ora, tudo isso eu citei para mostrar que a masturbação não só é pecado mortal, como é uma doença que deve ser combatida. Olha os males que, além de espirituais, acabam matando o próprio corpo.

Será que não vale a pena esperar por um namoro santo para viverem juntos a castidade, e sem ter relação nenhuma se casar, para só após o casamento terem a relação sexual e durante os anos de vida que Deus lhes der, serem fiéis um ao outro? Por que contrariar os mandamentos do Senhor. Se temos colhidos tantas doenças, tantos males, é porque temos abandonado os mandamentos do Senhor. A Lei do Senhor é vida, estes atos contra a Lei Santa do Senhor é morte; por isso sofremos tanto.

E a pornografia em si infecta o homem com o vírus do “anti-amor”. Não entendeu, neh? Explicarei. Aqui vale principalmente pro homem que é o principal utilizador de pornografia. Quando um rapaz vê pornografia, tudo aquilo fica gravado em sua mente. Como o CIC disse, deve ser levando em conta no vício da masturbação, a imaturidade afetiva. Uma pessoa que vê pornografia é uma pessoa imatura afetivamente. Uma pessoa que terá dificuldades para amar verdadeiramente.

Naturalmente, pelo pecado original, o homem tem a tendência de pecar pelo olhar; ou seja, vai sempre olhar para a mulher e desejá-la. Isso é um ato desordenada que devemos combater e buscar a mortificação do olhar: buscar não olhar, não ficar desejando, etc. Agora imagina o agravamento que se dá quando um homem é viciado em pornografia. Esta pessoa ao olhar para uma garota vai logo desejá-la e por vezes imaginar coisas impuras com ela. É um grande sofrimento para um jovem que já conheceu a Jesus e quer viver a santidade, pois ele vê que por mais que ele queira não ter certos pensamentos, sua mente vai sempre lembrar dos filmes, das revistas, das práticas... Mas não deve cair em desespero e nem ceder aos apetites da carne. Pelo contrário, deve resistir, fazer penitência, jejum, e rezar muito para ser desinfectado. Uma vez ouvi o testemunho de que um jovem viciado em drogas estava em crise de abstinência e sem ter forças, foi buscar a força em Jesus: correu para a Capela do Santíssimo Sacramento e foi adorar Jesus e dizia “Jesus, eu não vou sair daqui até essa vontade de usar tal droga não passar” e assim fez... Depois de longo tempo saiu sem a vontade. Por isso, quando o demônio e a tua própria carne te lembrarem dos vícios de outrora, corra pra Jesus e prostrado diga “Senhor, não vou sair daqui até passar essa vontade de pecar”... Corra pra Nossa Senhora terror dos demônios e diga “Mamãe! Me ajuda, não quero nunca sair do Teu Imaculado Coração, me ajuda a nunca mais cair neste maldito pecado.” E caso caia, recorra a Jesus no Sacramento da Confissão e confesse seus pecados. Jesus disse pra Santa Faustina que a confissão enfraquece a tentação. Confesse e Comungue Jesus na Eucaristia, porque como diz São Felipe Neri “A devoção ao Santíssimo Sacramento e a devoção à Santa Mãe não são apenas o melhor caminho, mas na verdade são o único caminho para manter a pureza. Na idade de 20 anos, nada além da comunhão pode manter um coração puro. A castidade não é possível sem a Eucaristia”.

Como é difícil amar pra quem se infectou por este vício. Creio que depois de um tempo lutando interiormente contra os maus pensamentos, ao ver uma menina pela primeira vez e levado por sua beleza (ou pela própria carência) logo se “apaixona”, logo a deseja... Se vê em grande luta. Porém, a graça de Deus é que nos sustenta. Mas até perceber que é a Misericórdia de Deus que sustenta, sofre-se muito, pois se acha incapaz de viver a castidade, a pureza de corpo, alma e espírito; acha-se o pobre sem rumo, achando que nunca conseguirá amar uma mulher verdadeiramente. Sim, tratando a mulher como uma mulher, uma irmã, uma esposa, uma filha de Deus da qual caminham junto neste vale de lágrimas rumo a Jerusalém Celeste, o Céu. Pois quando deveria pensar em Céu, o vício do rapaz, sem sua vontade, pensa em outra coisa. Mas lute, lute, lute, comas as armas de Deus venceremos. Por mais que se pense uma coisa dessas, devemos confiar em Deus que pode nos curar e nos libertar. Mas muitas vezes Deus permite que a nossa carne permaneça nos dando o sofrimento da tentação para nos mostrar algo e pedir de nós uma decisão: você quer a vida de hoje, na Minha graça, no Meu amor; ou quer voltar pra essa vida velha de vícios e pecado que te leva a morte? Logo após dizer não para os maus pensamentos, para a carne, para os desejos, para o demônio, logo recorremos à Misericórdia de Deus. Se formos fiéis em pedir o auxílio divino, logo estaremos curados desta verdadeira lepra, e o nosso coração contaminado pela ferrugem da impureza, logo estará amando em Deus. Mas é preciso pedir a Jesua a cada dia, a cada hora, a cada minuto, pois com as nossas próprias forças não conseguiremos.

Por isso, ao se encontrar sendo tentado a lembrar do passado, reze pelo seu passado. Reze pelas pessoas que te fizeram pecar, que pecaram com você e pelas que você fez pecar. Se a carne ou o demônio te lembrar de alguma cena pornográfica que viu no passado, não entre em desespero, negue este pensamento, escolha Deus, e reze algumas Ave-Marias por essa(s) pessoa(s) dessas cenas para que antes de morrerem reconheçam o amor de Deus e se convertam. Assim não só você pede a cura pra ti, mas pra essas pessoas que foram objetos de teu pecado. Quem reza por essas pobres almas que vivem da pornografia? Se te pegares nesses maus pensamentos por conta da memória contaminada, reze pedindo a sua purificação, e reze por essas pessoas, mas sempre negando e buscando não pensar nessas impurezas.

Além da oração, uma boa ação para ficarmos limpos e aos poucos sermos livres da lembrança deste triste passado pornográfico, é preencher a memória com coisas boas. Se você se contaminou com videos e fotos pornográficas, busque assistir bons filmes que tenham boas mensagens. Digo bons filmes, porque tem quem não assista filme pornográfico, mas assista filmes que passam tudo quanto é cena erotizada. Chegamos ao cúmulo de ver pessoas de caminhada dentro da Igreja dizendo que não tem problema assistir séria tal de TV que tem cena erótica, porque a ele não contamina. Ora, quem Serafim é este que consegue ver cenas eróticas e não ser afetado? Ou será que a ferrugem da impureza já tomou conta que já achamos tudo normal? “Quanto à fornicação, à impureza, sob qualquer forma, ou à avareza, que disto nem se faça menção entre vós, como convém a santos. Nada de obscenidades, de conversas tolas ou levianas, porque tais coisas não convêm; em vez disso, ações de graças. Porque sabei- bem: nenhum impuro, ou avarento – verdadeiros idólatras! - terá herança no Reino de Cristo e de Deus. E ninguém vos seduza com vãos discursos. Estes são os pecados que atraem a ira de Deus sobre os rebeldes. Não vos comprometais com eles.” (Efésios 5,3-7) Aí contrariando a Palavra de Deus que fala através de São Paulo, o católico de meia tigela quer dizer que pode ver série erótica porque não o afeta. Enquanto São Paulo diz que dessas coisas não se devem fazer nem menção entre nós. Por isso, procure assistir, ler, ver, coisas que convém a santos. Não basta largar a pornografia, afinal, como conseguir curar a afetividades desordenada se ouve sertanejos que propagam a promiscuidade, o sexo desregrado, o adultério, a própria carência em si; assim como o próprio Funk e demais músicas. Devemos ver e ouvir coisas santas para preencher o lugar onde está contaminado. Deve-se tirar a ferida com a oração, e preencher o machucada com um curativo de coisas santas que ajudarão a cicatrizar. Temos uma gama de filmes da vida dos santos e outros filmes com ótimas mensagens, por exemplo.

Um grande segredo para termos a sexualidade e a afetividade curada é pedir à Puríssima Virgem Maria. Certa vez Santa Faustina teve uma visão sendo revestida de um cinto de ouro, que era a castidade, e a partir daquele dia, diz a santa, nunca mais foi tentada contra pureza. E ela diz que percebeu que foi uma graça que Nossa Senhora lhe conseguiu, pois a muito lhe havia pedido. O que estamos esperando para pedir a Nossa Senhora a graça de semos puros e castos? O que estamos esperando? Santa Gemma Galgani pedindo uma graça a Jesus e não conseguindo, pediu por Nossa Senhora e disse pra Jesus “tu vais negar a Sua mãe”? E no outro dia obteve a graça. Usemos a Medalha Milagrosa, usemos e rezemos o Terço e o Rosário e seremos livres desta praga da impureza. Eu Creio!

Diante de tudo isso, te convido a rezar pedindo a Deus a graça da libertação e purificação da nossa mente e do nosso corpo. Se quiser reze a seguinte oração:

Senhor Jesus Cristo, amado Deus de Misericórdia. Venho hoje diante da Tua presença pedir a graça da santidade. Meu amado Jesus eu quero viver a pureza. Mas Vós sois testemunho de que por minha própria culpa eu cai no pecado impuro. Senhor Jesus, venho te pedir perdão por todo pecado que cometi contra meu próprio corpo. Perdão pela pornografia que vi ou que produzi mostrando por meio de fotos e videos o meu corpo a outros. Jesus peço em nome das tuas Santas Chagas, que derrame Vosso Preciosíssimo Sangue sobre Mim. Jesus, pelo Teu Sangue cura-me; pelo Teu Sangue liberta-me; pelo Teu Sangue salva-me. Jesus, que o Teu sangue purifique o meu corpo, a minha mente, o meu coração. Jesus, em nome das Tuas Santas Chagas, em nome das lágrimas de Sangue da Santíssima Virgem Maria, pelos Méritos da Tua Paixão e da Co-Redenção da Virgem Maria, derramai Vosso sangue sobre a Minha mente purificando-a e limpando-a de todo mal pensamento. Sim, amado Jesus, eu te peço que pelo Teu Sangue eu seja liberto dos maus pensamentos, dos pensamentos impuros, dos sonhos pornográficos que me perseguem. Jesus, se eu preenchi a minha mente, a minha memória com a pornografia, eu quero preencher toda minha mente com o Teu Sangue. Lava minha mente com Teu sangue para que pense coisas puras e santas. Jesus, derramai também Vosso Sangue puro e casto sobre meus olhos para que sejam curados de toda coisa impura que viram. Sim, Jesus, curai-os e dai a graça da mortificação, para que vejam coisas santas. Derramai também vosso Sangue Puríssimo e Preciosíssimo sobre Meu Coração, para que ao ver alguma pessoa, homem ou mulher, não seja eu levado a desejá-la sexualmente, mas que ame de maneira cristã. Sim Jesus, que eu seja capaz de amar a todos como irmãos em ti. Por isso, pelo Teu Sangue, pela Co-Redenção da Virgem Maria, eu Vos suplico Jesus Cristo, Filho de Deus vivo, curai a minha afetividade e a minha sexualidade. Dái-me, amado Jesus, a capacidade amar verdadeiramente e não apenas ficar desejando as pessoas no meu coração. Desejo apenas amar a ti e o próximo como a mim mesmo. Mas como não tenho forças para vencer a impureza que se fixou em mim, recorro a Vossa Clemência, a Vossa Misericórdia, e peço a graça da união com Teu Coração, para que sentindo as batidas do Teu coração, eu possa amar. Sim, Jesus, eu quero amar, e não usar as pessoas. Jesus, seja qual for o meu estado de vida, dai-me a graça de vivê-lo na castidade, na santidade, na pureza, no amor que vem de Ti. Sim, Jesus, se estou doente fisica, espiritual ou emocionalmente, eu suplico a graça da cura. O Senhor sabe onde começou esse vício. O Senhor sabe qual foi a causa, o Senhor sabe quais são as amarras que me prendem nesse pecado. O Senhor sabe da minha história até chegar onde estou. Mas Vós sois onipotente, o Senhor pode tudo. Vai no meu passado e dai-me a graça de ser liberto dessas amarras. Se é o demônio, ou mesmo algo humano, curai-me Jesus. Curai-me. Sei que estou colhendo os frutos que plantei, mas também sei que Vós, Jesus, sois bom e Misericordioso, Vós perdoates Davi, Madalena, São Francisco, e tantos e tantos... Também peço em nome da Vossa Misericórdia que é infitita, que me deis a graça de confessar o que tem que ser confessado ao sacerdote, e a graça de ser curado e liberto desse vício. Sim, Jesus, lembrai-vos que nunca se ouviu dizer que alguém que verdadeiramente tenha recorrido a Vossa Misericórdia tenha sido por Vós desamparado. Além do mais, não confiando em Mim mesmo, peço-te a graça da verdadeira pureza, de viver o meu estado de vida de forma pura e casta, pelos méritos da Co-Redenção da Virgem Maria. Ó Jesus, se não sou digno de te pedir nada, olhai ao menos o Coração transpassado de Tua Mãe que sofreu contigo aos pés da Cruz, e que também se compadece da miséria humana, e com vossa Misericórdia, transformai minha miséria em triunfo da vossa misericórdia, transformando aquilo que era pecado em santidade. Sim Jesus, fazei o que é velho, em algo novo; eis que estava perdido, e Vós me salvastes. Por Maria, Jesus Cristo, eu confio em Vós!”

Se quiser reze também:

Ó Maria Virgem antes, durante e depois do parto, fazei-me puro e casto! (3x)

1 Ave Maria em honra da Virgindade de Nossa Senhora antes do parto
1 Ave Maria em honra da Virgindade de Nossa Senhora durante o parto
1 Ave Maria em honra da Virgindade de Nossa Senhora depois do parto

Bendita e louvada seja a Santa e Imaculada Conceição da Bem Aventurada Virgem Maria, Mãe de Deus! (3x)”

Ps: se não queres cair na tentação, não seja ocioso. Nunca fique sem fazer nada. Principalmente com a internet aí. Busque sempre ocupar a mente com coisas honestas. E lembremos dos ensinamentos de São Josemaria Escrivá:

No momento em que permites deliberadamente que comece um diálogo com a tentação, a alma perde a paz, do mesmo modo que consentir com a impureza destrói a graça. A tentação é necessária para nos fazer perceber que não somos nada por nos mesmos. Não seja tão covarde assim... seja corajoso o suficiente para fugir”.

Para defender sua pureza, São Francisco de Assis rolou na neve, São Bento se jogou em um arbusto de espinhos, São Bernardo trancou-se em um depósito gelado. E você, o que fez? Não diga “esse é meu jeito de ser, é meu caráter”. Não! É sua falta de caráter. Seja homem! Quando você decidir firmemente viver uma vida pura, a castidade não será um peso para você, será uma coroa de triunfo”.


Salve Maria Imaculada, a Puríssima Virgem Maria, nossa Co-Redentora e Mãe!







]



Um comentário:

  1. Quando um homem provoca preazer num homem é o homossexual. Na masturbação um homem provoca prezer num homem, só que nao é outro homem, entao é homossexual. É pecado que brada ao céu, contra a natureza. afeta o relacionamento social, devido ao isolamento exacerbado, tira a pureza de coração produz aversão para coisas espirituais,ou seja: oração sacramentos, reflexão biblica, etc.Atos religiosos tornam-se enfadonhos longos. monotonos. causa falta de concentração, compromete o futuro, causa impotencia, desqualifica para o casamnento. Devido a incapacidade de concentração afeta o desempenho profissional, social e religioso. É pecado mortal, produz um entranhado vicio devido ao excesso de prazer.Embrutece a inteligencia, debilita a vontade, abre para outros vicios e torna quase impossivel a recuperação. A memoria desaparece. Um masturbador é pálido, tolo, irascivel. Tem mais

    ResponderExcluir