quarta-feira, 29 de outubro de 2014

TV Católica? Cuidado com a secularização!

TV Católica? Cuidado com a secularização!

Salve Maria Imaculada, nossa Co-Redentora e Mãe!

TV Católica? Existe mesmo? É claro que existe! Aliás, não só existem como são altamente necessárias para a nova evangelização; são úteis para o anúncio de Jesus neste tempo em que a sociedade fica cada vez mais pagã. A própria Igreja tem dito sobre a necessidade de se evangelizar pelos meios de comunicação. Este não é o intuito deste texto. Não quero aqui falar mal da Canção Nova, por exemplo, como podem “prever” alguém que leia; mas antes quero por meio deste texto exortar a preservação deste grande dom que Deus nos deu, que é justamente a graça de termos emissoras de televisão. No mais, deixo aqui a memória de São Maximiliano Maria Kolbe, sacerdote Franciscano Conventual, mártir, fundador do movimento Milícia da Imaculada, que no século passado usou os meios de comunicação disponíveis no seu tempo para evangelizar. A Milícia da Imaculada tinha seu jornal, sua revista (O Cavaleiro da Imaculada), Rádio, e diz-se que Maximiliano já ensaiava a TV (que surgia) e o Cinema.

A exemplo de São Maximiliano, segundo o que ouvi dizer, surgiu a própria TV Canção Nova. E como devemos nos espelhar neste grande santo mártir! A Canção Nova foi pioneira na evangelização via Rádio e TV aqui no Brasil. Mas depois dela podemos hoje contemplar TV Aparecida, Rede Vida e TV Século XXI. Mas nem sempre número quer dizer qualidade. E aqui não falo na questão de espiritualidade. Não. Não estou falando que TV “X” é mais pra espiritualidade do movimento “Y” que eu não goste. Não é isso. Se for espiritualidade em que a Igreja não condene, não há problema, mas o que quero falar é algo muito mais sério e triste. As TVs católicas não parecem ser católicas muitas das vezes.

Nosso Senhor Jesus Cristo nos contou uma parábola em Mateus 25,14-30 muito interessante. O Senhor distribui talentos aos seus servos, e todos os servos, com a exceção de um, multiplicaram seus talentos. O servo mau e preguiçoso foi jogado no inferno porque recebeu o dom de Deus, mas não frutificou este dom. Assim nós, com os nossos talentos, dons, aptidões e principalmente com o dom da vida, devemos frutificar e colocar ao serviço do Senhor Jesus Cristo através da Santa Igreja Católica. Mas no assunto proposto aqui, vemos que muitas emissoras de TV Católica não tem frutificado este talento, mas enterrado este no chão. Como é difícil erguer um canal de Televisão neste país. Custa muito! Se o Senhor nos deu a graça de termos estes 4 canais (não sei se existe outros) é uma graça extraordinária! E se foi o Senhor que nos deu, temos que colocar a serviço do Senhor, e não do mundo.

O que as TVs católicas estão fazendo com este dom precioso? Anunciado Jesus? Bom, talvez. Anunciam, mas não de forma permanente. Esses dias coloquei na TV Aparecida por volta de 15:30h, ou seja, horário da Misericórdia; mas não estava tendo o Terço da Misericórdia ou alguma mensagem do Diário de Santa Faustina (Jesus disse a Santa que nesta hora Ele derramaria graças abundantes para as almas). O que estava passando? Estava passando o programa de uma mulher que já trabalhou em outras emissoras como a Bandeirantes, junto com um rapaz, que assistiam a um video de um homem que caiu ao vivo em um programa de TV (um video de internet). E ambos riam... Ela contou algo que presenciou... Riam... Mas, cadê Jesus? Olha, nada contra essa senhora, nem contra o rapaz, mas as 15:30 da tarde numa emissora CATÓLICA não deveria estar passando um programa anunciando a Misericórdia de Cristo ao invés de um programa de fofoca? Aqui não quero nem entrar no mérito de ser pecado ou não (pecado não digo, agora fútil, certeza); o problema vai além... Numa emissora secular sem problema algum, agora numa TV que se diz católica. Ou não é Católica? Veja, o talento que o Senhor deu para que se falem da Sua Misericórdia para o mundo inteiro é trocado por um programa de fofoca de uma apresentadora que deve ter contrato assinado. Falo isso porque vi que anunciaram que a Emissora contratou “fulana” que comporá o elenco da TV... Ora, ou melhor, oremos para ver nas TVs Católicas não anúncio de artistas contratados, mas anúncio de encontros vocacionais, e principalmente: anúncio da Pessoa de Jesus Cristo.

Ainda na TV Aparecida. Resolvi colocar na Emissora por volta de 21:00h, portanto, horário nobre. O que estava passando? Programas de doutrina católica? Pregação? Missa? Não! Estava passando “Dênis, o Pimentinha”. Vocês estão compreendendo? No horário nobre, ou seja, que tem mais pessoas assistindo televisão, ao invés de a Emissora colocar um programa exortativo para combater as novelas e programas impuros, não, transmitem desenho animado. E mais uma vez, não estou dizendo que o desenho em questão seja pecado ou não, o mérito da discussão sobre a qualidade do desenho fica pra outra hora (se é que mereça), a questão é: num programa secular, ok, mas numa TV Católica... Cadê Jesus pras pessoas? No domingo coloquei após o almoço na mesma emissora, e, adivinha? Dênis, o pimentinha... Isso mesmo, a Globo passando o esquenta pro inferno, e a TV Católica não repara passando programas exortativos, de oração; mas passa algo que nem fede e nem cheira, Dênis o pimentinha...

E o anúncio de Jesus? Jesus, cadê Jesus?

Na Rede TV até um tempo atrás tinha programa de um falso padre militante da nova era. Diz-se de matérias falando de coisas imorais causando escândalo. Fora programas tipo... Qual o sentido? E por aí vamos... Sem contar as propagandas exageradas... A questão de propaganda se salva a Canção Nova porque, pela graça de Deus, trabalha 100% de doações. Mas mesmo assim também não devia ficar tão “zoado”. Por que falo isos? Porque quando uma emissora abre horários livres para quem quiser alugar e transmitir programas independentes, a emissora deixa claro, obviamente, que não se responsabiliza pelo conteúdo independente transmitido; porém, o povo muitas vezes vê o que não presta em canais de televisão católicos, mas quem os alertará? E a TV fica amarrada sem poder falar nada, afinal, se falar algo contra o patrocinador ou o parceiro do programa independente, como pagará as contas? E aí – logo pensam- vai acabar a TV e a Missa pra senhorinha assistir de manhã? Por isso falo isso, para que não vire uma bola de neve, e aos poucos as tvs católicas, nem que seja pela doação, passem a ser mais independentes.

É preciso anunciar Jesus Cristo e a Virgem Maria por todos os meios possíveis e lícitos. Não podemos jogar talento fora. Não é lícito eu ter um horário nobre pro anúncio da verdade e não anunciá-la. Assim como no horário nobre ao invés de se colocar programas de oração, para mais ódio do inferno, com milhares (quiça milhões) de pessoas rezando juntas... Mas não, a gente prefere ver desenho, futebol, chá sei que lá, cogumelo, jóias, fofocas... Mas o povo não precisa disso, precisa de Jesus Cristo nosso Senhor!

Devemos nos espelhar mais em São Maximiliano Maria Kolbe. Ele frutificou seu talento verdadeiramente. Ele tinha a imprensa como seu veículo principal de evangelização. Ele não temeu. Gente, compreendam: Se Deus deu essa graça da TV Católica é para que se anuncie a verdade! São Maximiliano por revista, jornal ou pelas ondas anunciou a verdade! Anunciou a verdade! Anunciou Jesus! Propagou a verdadeira devoção à Santíssima Virgem Maria! Foi um verdadeiro escravo por amor que se tornou coisa nas mãos da Imaculada! Falou tanto a verdade, com tanta autoridade, que denunciando as atrocidades do (des)governo de Hittler foi preso (porque o temiam) e morto num campo de concentração em auschwitz. Por que estou dizendo este fato da vida de São Maximiliano? Eu sei que não devemos ser imprudentes, mas não podemos deixar o respeito humano reinar em nosso coração. Cadê o Padre José Augusto que em 2010 denunciou o PT e a Dilma abortista? Sumiu? Por quê? Porque falou a verdade... Ora, mas não foi pra isso que Deus o constituiu sacerdote dEle? Não foi pra isso que Jesus criou por meio do Mons. Jonas a TV Canção Nova? Não foi pro anuncio da verdade? Não foi? Porque calaram? Porque os pregadores que vão lá e nas outras TVs tem medo de falar a verdade (tanto do comunismo do governo, como da denúncia explícita de certos pecados) quando pregam na TV? Por que? Porque senão a TV perde a concessão que o Governo dá para funcionar. Censura. Não foi isso que aconteceu com o Pe José Augusto? Ele falou, e logo depois a TV Canção Nova teve que se retratar. Como é humilhante ver católicos convictos e fiéis – acredito, de verdade! - terem que pedir desculpas porque um padre disse a doutrina católica. Aqui não é uma crítica a TV Canção Nova, mas uma crítica ao Governo! Querem controlar tudo... Mas no meu blog, quem manda é Deus e a Imaculada!

Difícil falar da Canção Nova, mas é um fato que quem está comandando lá deve se espelhar em São Maximiliano. TV Canção Nova (Rádio, revista, enfim...) e demais comunidades e movimentos que evangelizam pelas comunicações sociais: busquemos (porque me incluo pelo blog e canal no youyube) falar a verdade doa a quem doer. Se falarmos a verdade na TV Católica e integrantes do governo acharem ruim e nos processarem; que nos processem! Se quiserem nos prender; que nos prendam! Se nos matarem; que nos matem! Este caminho seguiu São Maximiliano Maria Kolbe, tornou-se santo, mártir... Já os que se omitiram, não os conheço. E se temermos o governo ao ponto de vendermos a doutrina católica ao governo, por medo de perder concessão, quero dizer algo: O Nazismo matou São Maximiliano e fez “picuinha” com o funcionamento do “Cavaleiro da Imaculada”; no entanto, prenderam e mataram São Maximiliano, mas a revista existe até hoje e se espalhou no mundo inteiro (inclusive no Brasil). Que tal anunciarmos a verdade para que a verdade se espalhe? Foi para isso que Deus permitiu sua existência Canção Nova, TV Século XXI, Aparecida, Rede Vida... A verdade!

Lembremos sempre que nossa meta enquanto evangelizadores não é ganhar audiência, mas sim almas pra Jesus. No dia que a preocupação de qualquer emissora for pura e simplesmente a audiência, deixe o nome de “católica” e de fato passe a contratar artistas e mais gente pra fazer programa de fofoca, humor, e mais coisas que distraiam. Enquanto nós... Nós queremos o Céu, preferimos Jesus! Como São Felipe Neri, preferimos o Paraíso. Não queremos essas coisas caducas.

E pra falar a verdade, a TV Canção Nova sempre é criticada por muitos que fazem pouco ou nada diante do que o Mons. Jonas e seus verdadeiros filhos fizeram e fazem pela evangelização. Mas sejamos sinceros: a Canção Nova é a que ainda é mais católica, e não parecida com o secular.

Rezemos por estes veículos. E juntos propaguemos o Evangelho. Que estes meios ajudem para o triunfo da Misericórdia de Jesus e do Imaculado Coração de Maria!

Salve Maria Imaculada, nossa Co-Redentora e Mãe! Viva Cristo Rei!


Ps: não assista certos programas em alguma dessas emissoras que você saiba que fere a fé ou até mesmo a moral. Não deixe seus filhos assistirem todos os desenhos, verifique antes se é bom ou mal, não confie só por ser TV católica, veja se de fato faz bem ao seu filho e a fé católica que queres dar a ele.


Ps: não assista certos programas em alguma dessas emissoras que você saiba que fere a fé ou até mesmo a moral. Não deixe seus filhos assistirem todos os desenhos, verifique antes se é bom ou mal, não confie só por ser TV católica, veja se de fato faz bem ao seu filho e a fé católica que queres dar a ele.

Nenhum comentário:

Postar um comentário