sexta-feira, 15 de março de 2013

A mortificação do olhar e a modéstia


                
“Basta um olhar impuro para abrir as portas do inferno” (Santo Antão) É com esta frase que quero começar a tecer este post. Peço que não tirem conclusões precipitadas, sei que a opinião sobre mim após este post será que sou “medieval” e coisas do tipo. Santo Antão já nos ensinava sobre a pureza, alertando-nos que um – apenas um – olhar impuro abria-nos as portas do inferno. Se no tempo de Santo Antão já era difícil viver a pureza, o que dirá sobre nós, homens, nos dias do tão prostituído evoluído século XXI!
            As mulheres, de um modo geral, parecem não mais se preocupar com a salvação dos homens. Claro, muitas são na ignorância, acham que o uso de uma calça jeans apertadíssima, um mini tudo (short, saia, vergonha), decotes escandalosos, não ofendem e nem causam mal algum. Mas o problema é que causa muito problema. Mesmo que um homem não chegue nem mesmo a te “xavecar” seduzido pela sua vestimenta, saiba que o homem te devora pelo pensamento. E aí está a porta do inferno aberta para este(s) homem(ens) que pecaram em seus corações. Acha exagero? O Senhor Jesus Cristo disse: “todo aquele que lançar um olhar de cobiça para uma mulher, jpa adulterou com ela em seu coração.”(Mateus 5,28). E o pior é que se a mulher, mesmo sabendo que com suas vestes – ou falta de veste melhor dizendo – pode estar levando seus irmãos para o inferno, é tão orgulhosa de dizer “ah, pensou besteira porque quis, não tenho culpa, os tempos são outros, quem pensou besteira não fui eu”; tome cuidado, porque nosso Senhor Jesus Cristo disse à Santa Ângela de Foligno o seguinte:  “Quando a morte te arrancar deste mundo, cheio de vaidades e luxos sem razão, e chegardes a Minha Presença para ser julgada... vendo os pecados que os homens cometeram ao olhar para o teu corpo escassamente coberto, tu própria ficarás envergonhada”. Que pretexto poderás então apresentar-Me? Ai de ti mulher pelos teus escândalos! Ai de ti que perdeste o pudor e a vergonha! Porque procedes assim? Porque me crucificas novamente com os cravos da tua imodéstia? Quando, de forma irrespeitosa, Me recebes na Comunhão, quanta amargura sinto ao entrar no teu corpo, que é motivo de tantos pecados nos homens e de mau exemplo para as poucas mulheres que tu, com desdém e desprezo, chamas “antiquadas”,!... Asseguro-te, que muitas destas “antiquadas” estão Comigo, enquanto muitas “modernas” sem pudor, como tu, estão “gozando” no inferno”. – Então, queridas irmãs, não é perseguição ou algo do tipo, mas é corrida ruma a salvação. Essas mensagens de Jesus à Santa Ângela são fortes, e veja que ela morreu em 1309. Imagine a imodéstia dela, que Jesus já repudiava tanto; compare com as vestimentas dos dias de hoje. Tanto mini, tanta imundície. Tem short que algumas mulheres usam que mais parece um cinto ou um tapa-sexo. Como acham que poderão se salvar e colaborar na salvação dos homens a sua volta?
            Uma mulher má vestida, indecente, imoral, imodesta, ela atrai multidões a si. Mas não multidões de homens. Porque homens querem mulheres de verdade, que se vestem como mulheres. Uma mulher vulgar, quando se veste da forma descrita, ela está se jogando numa lavagem, “se veste de esterco”, e o que ela atrai não são homens de verdade, mas porcos. Só o que você atrái mulher, que veste de forma vulgar, são porcos que querem se lambuzar na lama do pecado. Pergunte para qualquer homem sério, se ele gostaria de casar – matrimônio verdadeiramente – com uma funkeira, ou qualquer outra mulher vulgar. Repito: se ele queria casar, e não transar em uma noite qualquer. Porque isso, até eu quando era um porco já desejei.
            O homem tem que se precaver de uma forma tremenda, é difícil, mas devemos lutar. A luta pela castidade é uma eterna fuga. Quem não fugir das ocasiões de pecado, perderá. É comum sair da confissão e ao sair da Igreja ver mulheres com os citados “tapa-sexo” e aí temos que desviar o olhar e pedir a Virgem Maria para nos ajudar a preservar nossa pureza. Já tive a experiência de ir para a Santa Missa, e, de repente, ver garotas imodestas na rua, então, decido mortificar meu olhar, ou seja, mudar o caminho até a Igreja, e, quando viro, lá vem outra imodesta. É uma eterna luta/fuga. O mais triste é quando eu tento me socorrer na Igreja e lá encontro a causa do meu pecado: IMODÉSTIA! Acho se as mulheres não mudarem o jeito de se vestir, cada vez mais teremos ou homens caídos, ou homens corcundas de tanto ficar olhando para o chão (risos).
            O homem ele deve fugir das ocasiões SEMPRE! Perdoe-me os rapazes que gostam de academia, mas, diga a verdade, no horário que você malha, tem muita mulher, certo? E quando você vê essas mulheres malhando com roupas mais justas que tudo, que desenha o órgão genital, e em posições que alimentam com lavagem a mente masculina, o que você faz? Ou melhor: o que você pensa? Por acaso você pensa: “Ô lá em casa rezando comigo o Rosário, ia ser só a unção poderosa de Deus”? Porque eu sou homem, e pela minha concupiscência eu pensaria coisas que seria imoral falar aqui. Então é melhor entrar no Reino dos Céus magrelo do que ser “bombado” e ter muito músculo queimando nos quintos dos infernos. É uma questão de escolha. São Domingos Sávio dizia “antes morrer do que pecar”. E se não me engano foi o mesmo jovem Santo, que ao andar com a cabeça baixa, perguntaram o motivo, e ele disse que era porque queria ver a Virgem Maria no Céu. Ou seja, preservar a pureza no olhar, para que não olhando as porcas na terra e pensando pecado, pudesse contemplar a toda pura e bela Virgem Maria Mãe de Deus no Céu. Isso é belo, e você, vai trocar a contemplação da Mãe de Deus e da própria face de Deus para ficar cometendo a impureza em seus pensamentos? “Se teu olho direito é para ti causa de queda, arranca-o e lança-o longe de ti, porque te é preferível perder-se um só dos teus membros a que o teu corpo todo seja lançado na geena.” (Mateus 5,28)
            Mas, como disse, muitas mulheres são ignorantes neste ponto. Mas isso é algo que é da natureza feminina. Aliás, os dois lados: o pensamento do homem e a mulher mostrar seu corpo, ambos são consequências do pecado original. “Multiplicarei os sofrimentos de teu parto; darás a luz com dores, teus desejos te impelirão para o teu marido e tu estarás sob o seu domínio”(Gênesis 3,16). Por causa do pecado original que temos manchados em nossa alma, temos essa consequência terrível. Os desejos da mulher impelirão para o homem. É como se o homem e a mulher tivesse imãs: o homem tem o imã que faz a mulher querer se impelir, se “mostrar” para o homem; e a mulher, usando deste desejo de se mostrar que é consequência do pecado original, faz disso um imã, que atrai o homem para si, principalmente pelo olhar. Tanto é, que Deus não quis deixar Adão e Eva entregues a imodéstia: “O Senhor Deus fez para Adão e sua mulher umas vestes de peles, e os vestiu”(Gênesis 3,21) – O problema é que Deus vê mancha até nos anjos, e tem mulher que acha que é imaculada e que toda a humanidade é imculada (A única Imaculada que conheço é a Santíssima Virgem Maria); tem mulher que não se espelha na Virgem Maria, mas em Eva: Não vive a modéstia mariana, mas quer viver pelada como Eva vivia antes do pecado original. E essa desordem está acabando com a humanidade. A mulher tem que ver que ela é uma potência, ela é um dom de Deus, para termos a vida Deus usa a mulher, o ventre da mulher. Quando Deus veio ao mundo encarnado na Pessoa de Jesus Cristo, Ele veio no ventre de uma Mulher. Por isso a mulher deve compreender a beleza feminina e não a cultura das porcas.
            Lembro-me de São Padre Pio de Pietrelcina que expulsava da Igreja mulheres vestidas imodestamente. O santo dizia: “saiam daqui suas porcas, as carnes desnudas vão queimar no inferno”. Ele ainda chorando dizia que temia que não houvesse lugar no inferno para esta geração (São Pio era do século passado e se referia a nossa geração). Nossa Senhora em Fátima, em revelação à Beata Jacinta, disse que viriam modas que ofenderiam muito a Nosso Senhor, que as pessoas que servem a Deus não deviam andar com as modas. Aí eu te pergunto meus irmãos e minhas irmãs: O que inventaram de 1917 até os dias de hoje? Inventaram os vestidos, saias longas, véu, etc? Ou inventaram calças para mulheres que são apertadíssimas, inclusive a calça jeans que é terrível não só pela imodéstia em si, mas porque tira a feminilidade da mulher. Ou inventaram também as mini saias, mini shortes (cintos/tapa-sexo), decotões, etc.? É, ninguém deu importância a esta mensagem de Nossa Senhora porque a 100 anos atrás era quase impossível imaginar nas modas que estariam por vir. E, como sempre, minha Mãe Maria Santíssima estava certa. Sejamos sinceros: hoje as mulheres se vestem piores que as prostitutas à alguns anos atrás. E parece que se vestir como uma prostituta virou motivo de comemoração. Afinal, movimentos feministas se manifestam tirando a roupa. Um policial em um país disse que existia muito estupro porque as mulheres se vestiam como “vadias”, ai as mulheres feministas mostraram toda a sua dignidade inventando a “macha das vadias” aonde as porcas se lambuzam em seus estrumes de cada dia.
            E, vale lembrar, que a imodéstia não existe apenas do lado feminino. Rapazes que entravam com camisetas regata na Igreja de São Pio de Pietrelcina, ele bradava a mesma coisa “as carnes desnudas irão queimar...” É um show de horror ver homens até mesmo dentro da Igreja de bermuda, shortinho, chinelo, camiseta todo marombado, seduzindo as “novinha”. Deixemos de ser este covil de impuros, exalemos a santidade da Virgem Maria! Se espelhem na Virgem Maria e não nas prostitutas!
            Por isso, vos suplico, mortifiquem o olhar. É difícil. Até mesmo nos dias de hoje em que se acessa muito as redes sociais, e sempre tem uma pervertida ou um jovem insano postando foto pornográfica. Precisamos fugir dessas ocasiões. São Basílio nos ensina que para ser casto é preciso se impor muitos sacrifícios e fazer- se uma grande violência. Santa Pontamiena, ao defender sua castidade, sendo condenada a morte por não ceder aos convites para pecar, disse: “Ao menos mandai, diz-lhe ela, que eu seja lançada vestida” (Ela foi jogada na caldeira). Veja que exemplo, esta santa se preocupou não com as dores, com a terrível morte que sofreria, mas preocupou-se em ser lançada para o martírio vestida. Queria preservar a pureza, e preservar os homens também deste pecado.
            Gostaria de finalizar este post com um trecho de um sermão de São João Maria Vianney sobre a pureza: “Ó DEUS, QUANTAS ALMAS ESTE PECADO ARRASTA PARA O INFERNO!... Não, meus irmãos, esta bela virtude não é conhecida por estas moças mundanas e corrompidas que tomam tantas precauções e cuidados para atraírem sobre si os olhos do mundo; que por seus enfeites exagerados e indecentes, anunciam publicamente que são infames instrumentos de que o inferno se serve para perder as almas; estas almas que custaram tantos trabalhos, lágrimas e tormentos a Jesus Cristo! ... Vede estas infelizes, e vós vereis que mil demônios circundam sua cabeça e seu coração. Ó meu Deus, como a terra pode suportar tais sequazes do inferno? Coisa mais espantosa ainda, como mães as suportam num estado indigno de uma cristã! Se eu não temesse ir longe demais, eu diria a estas mães que elas valem o mesmo que suas filhas. Ai, este infeliz coração e estes olhos impuros não são mais que uma fonte envenenada que dá a morte a qualquer que os olha e os escuta. Como tais monstros ousam se apresentar diante de um Deus santo e tão inimigo da impureza! Ai! A vida deles não é mais que uma acumulação de banha que eles estão juntando para inflamar o fogo do inferno por toda a eternidade.”
            E lembre-se: roupa não define caráter, mas me ajuda a distinguir uma mulher de Deus de uma porca.
            Salve Maria Imaculada! A Mulher que Deus colocou para que você mulher imitar.

Um comentário:

  1. Forte e altamente necessária essa postagem! O pior é que se um homem for pro inferno por nossa culpa, quem disse que seremos inocentes??? O problema foi dele? NÃO! o problema foi exclusivamente nosso que não tivemos um pingo de pudor e simplesmente queríamos mostrar tudo! Falo isso com conhecimento de causa, quero que atire a primeira pedra a mulher que nunca quis usar um decote ou algo parecido pra agradar um homem ou fazer "inveja" em outra mulher... só que o problema mora exatamente nisso aí.. enquanto queremos "agradar", estamos fazendo duas almas (sei que não são somente duas, estou jogando "por baixo") se perderem por conta de um mero capricho!!! Que Deus, pelas mãos de Nossa Senhora, nos conceda essa virtude da modéstia, em grau heroico, para viver neste mundo contaminado de hoje!

    ResponderExcluir