sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Pecado Continuado


           



            Salve Maria!
            Meus queridos irmãos, na área do Direito Penal temos os chamados “crimes continuados”, e da mesma forma, tenho identificado na área espiritual, alguns pecados que se assemelham a este crimes civis. Os crimes continuados são um só crime, mas que ocorre várias vezes. Por exemplo: um funcionário de uma padaria que rouba todo dia do caixa 50 reais. Ele responderá por um crime apenas: furto. E não por 30, caso ele tenha roubado em 30 dias. No campo do pecado também é um só o pecado, porém os efeitos, ou seja, a pena, ao contrário do crime continuado, só tende a aumentar se a pessoa não confessar e se penitenciar.
            Vou começar o exemplo, com algo que muitos dirão que eu estou apelando. E de fato não tiro a razão. Usarei este exemplo para compreensão logo de cara. Logo citarei algo na realidade próxima. Bom, o que me dizem dos filmes pornográficos? Na realidade, o que vocês acham do peso dos pecados dos atores pornográficos? Talvez você diga que estou julgando, querendo ser Deus. Mas não estou julgando, estou fazendo refletir. Uma pessoa que fez filme pornográfico não está automaticamente condenada ao inferno. Ela pode se converter, fazer uma boa confissão, e viver na graça de Deus. Porém, fica um pecado continuado. Ficou filmado, e será motivo de queda para muitas pessoas que se masturbarão vendo o conteúdo. E mesmo apenas olharão e desejarão, e já estão em pecado por isso. Claro que, como já dito, convertido e confessado pecado perdoado. Mas, no estado de trevas da alma, só agrava a situação perante o tribunal de Cristo.
            Talvez você achou estranho o exemplo de início, mas até concordou (ou não). Mas creio que você não seja “ator”/”atriz” pornográfico (e se for: CONVERTA-SE!). Mas talvez você esteja cometendo um “pecado continuado” e nem sabe disso. Talvez você esteja causando efeitos destruidores na alma do seu irmão. Vejamos algo comum: meninas que tiram fotos de biquíni, shortinho/saia curta que mais parece um cinto, fotos e mais fotos sensuais, e postam nas redes sociais. Já não bastasse cometer o pecado da imodéstia, e pessoas que a viram – caso a foto/vídeo tenha sido feita em público – terem pecado em seus corações, ainda postam nas redes sociais, se exibindo, e fazendo muitas almas caírem em pecado. Tem garotas que precisam entender o mais rápido possível as palavras de Jesus: “todo aquele que lançar um olhar de cobiça para uma mulher, já adulterou com ela em seu coração”(Mateus 5,28). Sim, o homem que mantem o olhar na garota ou na foto em que esta posta, desejando-a, pecou. Porém, a garota também peca, por estar se exibindo, e consciente disso. Mulheres, não sejam ingênuas achando que é só uma foto; para o demônio é só mais uma foto para a coleção de pedra de tropeço que ele usa.
            Da mesma forma os homens, que se exibem com seus corpos definidos. Muitas garotas seduzidas. O estrago é menor pelo fato de a natureza da mulher não necessitar ver, a natureza feminina é mais de se mostrar. Isso se dá por causa do pecado original: “[...]TEUS DESEJOS TE IMPELIRÃO PARA O TEU MARIDO e tu estarás sob o seu domínio”(Gênesis 3,14). Porém, apesar de a sociedade atual querer criar um terceiro “sexo”, o homossexual homem continua sendo homem. Ou seja, sua natureza é frágil no ver, cobiçar, é fraca nesse ponto. Por isso (perdão por citar isso novamente) a indústria pornográfica de revistas com homens nús não é feito para mulher ver, e sim para homens (gays) verem. Por isso, os rapazes católicos devem ter modéstia também no vestir, para não fazer uma garota cair em pecado no seu pensar, e também, um rapaz com problemas na sua sexualidade, que também pode cair. Então parem de exibir peitoral nas redes sociais, etc.
            Isso também vale para nas redes sociais para que tenhamos o zelo de não compartilhar coisas que podem ser causa de queda para outras pessoas. As vezes para nós, é tranquilo, sem problemas. Mas a foto da sua amiga de biquíni, shortinho, não é a coisa mais agradável para rapazes que querem viver a santidade. Pense nisso.
            E lembre-se: ao contrário do “crime continuado” citado para fazer a comparação, a justiça divina não transformará em apenas um pecado para aliviar. A não ser é claro, que você SE ARREPENDA, CONFESSE, e PEMANEÇA NA GRAÇA. Deus é misericordioso. Até os exemplos esdrúxulos citados como da pornografia, até estes Deus acolhe em Sua infinita Misericórdia. Mas é preciso mudar de vida. Jogar fora tudo aquilo que não presta e que vem do demônio. Afinal, Cristo te atinge neste momento com os raios de Misericórdia, mas também te diz estas palavras:
“Se tua mão for para ti ocasião de queda, corta-a; melhor te é entrares na vida aleijado do que, tendo duas mãos, ires para a geena, para o fogo inextinguível (onde o seu verme não morre e o fogo não se apaga). Se o teu pé for para ti ocasião de queda, corta-o fora; melhor te é  entrares coxo na vida eterna do que, tendo dois pés, seres lançado à geena do fogo inextinguível ( onde o seu verme não morre e o fogo não se apaga). Se o teu olho for para ti ocasião de queda, arranca-o; melhor te é entrares com um olho de menos no Reino de Deus do que, tendo dois olhos, seres lançado à geena do fogo, onde o seu verme não morre e o fogo não se apaga.”(Marcos 9,43-49)
Não é para se mutilar, é para evitar a ocasião de pecado. É para cortar da tua vida tudo que te leva para a podridão do pecado. Deve cortar até amizades se estas te levam pro abismo e não para o Céu. Coragem, Cristo venceu o mundo (cf. João 16,33)

Nenhum comentário:

Postar um comentário