sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

Igreja Católica: a verdadeira religião!




“Povos, escutai bem! Nações, prestai-me atenção! Pois é de mim que emanará a doutrina e a verdadeira religião que será a luz dos povos.” (Isaias 51,4)
     Salve Maria!
     Meus queridos irmãos, vivemos em um tempo em que falar sobre a Igreja é algo não muito bem visto pelos próprios católicos. Por quê? Simplesmente porque se espalhou uma mentalidade herética de que todo caminho leva a Deus, que Deus não fundou religião, etc. Ora, seria muita hipocrisia, uma vez que no Gênesis vemos Deus que “funda” um povo, separa um povo, que adoravam (mesmo sem ser em plenitude como em Cristo) a Deus. Filhos da antiga aliança, na qual toda a lei falava de Cristo. E os filhos rejeitaram Jesus. Jesus, sendo Deus, funda uma Igreja, uma ÚNICA Igreja; e assim cumpre as profecias de Isaías que já falava desta montanha, desta verdadeira religião.
     Neste versículo inicial, vemos Deus falar que a verdadeira religião emanará d’Ele. E emanará A – e não “as” – doutrina, e que será a luz dos povos. Como saber que se trata da Igreja Católica? São João vai falar no início de seu evangelho que “no princípio era o Verbo, e o Verbo estava junto de Deus e o Verbo era Deus.”(João 1,1) Então Jesus (o Verbo) é Deus. E esta religião é fundada por Jesus, e vemos claramente isto acontecer em Mateus 16,18-19: “E eu te declaro: Tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja; as portas do inferno não prevalecerão contra ela. Eu te darei as chaves do Reino dos Céus: tudo o que ligares na terra será ligado nos céus, e tudo o que desligares na terra será desligado nos céus”. Vemos claramente Jesus instituindo a Santa Igreja, e o primado de Pedro (Papa). Analisando estes dois versículos, podemos perceber que: 1º: Jesus diz que edifica sobre Pedro a Sua Igreja, portanto, a Igreja é d’Ele e não nossa; 2º: ele diz a minha IGREJA, e não “minhas igrejas” como devem achar os protestantes e cia. A Igreja de Jesus Cristo é una, santa, católica, apostólica e romana. Alguns dizem que em Apocalipse tem mais de uma igreja, mas ignoram que ali se trata de uma única igreja, uma profecia para os tempos da Igreja. Jesus não deu autoridade para ninguém fundar religião sobre a face da terra. Nem mesmo para Pedro (Papa), nem para Sua Mãe Maria Santíssima, nem mesmo o discípulo amado. Jesus funda uma única Igreja!
     Algumas pessoas, para atacar a Igreja e os católicos, afirmam que a sucessão apostólica não existe, que temos que crer somente na Bíblia, etc. O próprio fato de termos uma Bíblia para lermos, é uma prova da sucessão apostólica. Quem guardou a Bíblia durante anos para termos ela preservada até hoje? Acertou se disse Igreja Católica. E quem detinha os escritos originais dos evangelhos, cartas paulinas, de João, etc? Pois é... Aliás, uma simples análise do Novo Testamento nos prova que temos uma Igreja na Terra. Ora, os escritos do Novo Testamento, com exceção do Apocalipse de São João que é conhecido como livro da revelação, são manuscritos exortativos, cartas direcionadas a pessoas e a comunidades. Veja as cartas de Pedro, por exemplo, e veja que são parecidas com cartas do Santo Padre o Papa. Cartas, como já dito, direcionadas a pessoas, e não a compor a Bíblia. Isso nos leva a dar um grande valor a Tradição.
     Mas, isso não prova num todo a sucessão apostólica, mas somente a tradição da Igreja. E se todo protestante diz que temos que crer somente na Bíblia, a Bíblia por sua vez diz que temos que crer na Igreja que vem dos apóstolos. E para provar que existe sim a sucessão apostólica vejamos o que nos fala a Bíblia: Após a Ascenção do Senhor, estavam todos reunidos no cenáculo, quando então Pedro (Papa, ao qual foi sobre ele que Jesus fundou Sua Igreja) se levanta e pede para ser eleito um novo APÓSTOLO para o lugar de Judas, que traíra o Senhor e se matou (Cf. Atos 1,15-26). E na oração, os apóstolos falam o seguinte: “...para tomar neste ministério e apostolado o lugar de Judas que se transviou, para ir para o seu próprio lugar.”(Atos 1,25) A sorte então caiu sobre Matias que foi incorporado aos apóstolos.
     Agora pergunto eu: isso foi ou não foi uma sucessão apostólica? Judas “rodou”, entrou outro inspirado pelo Espírito Santo. Da mesma forma seria com todos os apóstolos. Se Judas, o traidor teve seu sucessor na graça, quanto mais Pedro o Papa. Por isso cremos que hoje Bento XVI é Pedro na terra, o vigário de Cristo.
     Da mesma forma, vemos o Apóstolo Paulo, que era perseguidor dos cristãos, e que acaba sendo chamado a esta missão após a paixão, morte, ressurreição e Ascenção do Senhor. E também é introduzido no corpo apostólico.
     Talvez você pergunte o porque a Igreja Católica se chama também Romana. Como me disseram uma vez “como pode se dizer Igreja de Cristo e trazer o nome de quem O matou”. Mas vejamos irmãos, analisemos a Bíblia que é tão pregada como única verdade de fé pelos protestantes: Vai dizer Pedro, o Papa: “A igreja escolhida da Babilônia saúda-vos, assim como também Marcos, meu filho”(1Pedro 5,13). Babilônia, para quem não sabe, é o império romano. São Pedro foi pregar em Roma, iniciou a comunidade romana. E, como vai dizer ele mesmo, lá está a igreja (comunidade) ESCOLHIDA, ou seja, especial, esposa, eleita: CATÓLICA! Daí o nome Romana, pela tradição de Pedro ter ficado por lá, e lá ter glorificado a Deus com seu martírio. Pedro morreu crucificado de cabeça para baixo, porque não se achou digno de morrer da mesma forma que seu Senhor.
     Sinceramente, não consigo entender como muitos irmãos conseguem ler a Bíblia e não enxergar a Santa Igreja Católica. “...casa de Deus, que é a Igreja de Deus vivo, coluna e sustentáculo da verdade”.(1Timótio 3,15) Como podem dizer que só  a Bíblia é a verdade, rejeitando a tradição e o magistério. O Próprio São Paulo já dizia em uma de suas cartas: “Assim, pois, irmãos, ficai firmes e conservai os ensinamentos que de nós aprendestes, seja por PALAVRAS, seja por carta nossa”(2Tessalonicenses 2,15). Por palavra... viram? A tradição oral da Igreja. Nem tudo foi escrito. E isso é bíblico: “Jesus fez ainda muitas outras coisas. Se fossem escritas uma por uma, penso que nem o mundo inteiro poderia conter os livros que se deveriam escrever”(João 21,25).
      A verdadeira Igreja é Apostólica, e não apostata (entenda protestante)! “Perseveravam eles na doutrina dos apóstolos, nas reuniões em comum, na fração do pão e nas orações.”(Atos 2,42) A diferença dos primeiros cristãos do início do primeiro século, para Lutero e seus seguidores após 1500 anos, é a perseverança na doutrina dos apóstolos. Na própria passagem inicial deste texto, retirada de Isaias, vai falar de uma verdadeira doutrina. Que só a Igreja tem. “O teu ensinamento, porém, seja conforme a sã doutrina”(Tito 2,1). Versículos antes mesmo Paulo já dizia: “firmemente apegado à doutrina da fé tal como foi ensinada, para poder exortar segundo a sã doutrina e rebater os que a contradizem”(Tito 1,9).
Algumas pessoas, não necessariamente protestantes, contestam a Igreja Católica, dizendo que Deus seria adorado por todos os povos, e não com exclusividade, etc. Mas, quem fala isso é por total ignorância. A Igreja Católica é o cumprimento desta profecia. Afinal, só quem era filho de Deus, da primeira aliança, era o judeu. Com Cristo, a Igreja que nasce do Seu coração, que surge com vigor em Pentecostes, a Palavra é pregada para o judeu e para os pagãos. Nós seríamos talvez os pagãos, afinal, eu não tenho sangue judeu. O monte santo citado em Isaias 56,4ss que todos os povos serviriam a Deus, é nada mais do que a Santa Igreja Católica.
Se fosse escritos todos os versículos bíblicos, e falar sobre, para explicar a sucessão apostólica e falar das belezas da Igreja Católica, o texto se tornaria mais longo do que já está. Mas gostaria de fazer uma pequena refutação. Alguns protestantes até afirmam existir uma espécie de sucessão apostólica. Mas, dizem estes, que a Igreja primitiva se corrompeu e acabou. Primeiro questionamento: O Deus ao qual você diz servir é ruim por demais, não? Afinal, se a Igreja primitiva, que foi perseguida pelo império romano, se corrompeu após 300 ou 400 anos d.C, como pode Deus ter deixado seus filhos, comprados a preço de sangue derramado numa cruz, largados por mais de mil anos, e só então levantar um “profeta” chamado Lutero, para colocar o povo no caminho certo? Aliás, se Lutero foi levantado por Deus e não por satanás, alguém me explique porque nem todo protestante é luterano, aliás, todo protestante está sujeito a fundar sua própria igreja com valores e doutrinas diferentes. Já a doutrina católica tem 2000 anos. Outra coisa, Jesus então mentiu? Ele disse a Pedro que as portas do inferno NUNCA prevaleceriam contra a Igreja, e o império romano seria mais poderoso que Deus? Paulo quando perseguia os cristãos foi questionado por Jesus porque O perseguia. E o império romano é maior que Deus? Como pode isso? Até porque, o próprio Jesus disse: “Ensinai-as a observar tudo o que vos prescrevi. EIS QUE ESTOU CONVOSCO TODOS OS DIAS, ATÉ O FIM DO MUNDO”(Mateus 28,20) Vemos neste versículo a tradição oral da Igreja: ensinar TUDO o que Jesus prescreveu. E, o que queremos focar: Jesus está com os Apóstolos – veja aqui como a Igreja, hoje temos como sucessores dos Apóstolos os Bispos – TODOS OS DIAS, ATÉ O FIM DO MUNDO. Que eu saiba o mundo não acabou. E Deus não está no sepulcro junto com Pedro e demais. Então Ele está com os sucessores desses apóstolos, está com a Igreja, até o fim do mundo. O mundo não acabou na época do império romano, e não acabou nos dias de hoje para dizerem que a Igreja Primitiva se corrompeu. Porque ou você que diz isso é um deus, ou Jesus é mentiroso e não é Deus. Eu prefiro crer em Jesus e em Sua Igreja que é Santa, Católica, Apostólica, Romana.
     Para concluir, alguns versículos de Isaías, que complementam o versículo inicial deste texto. Não tenha medo de ser católico, muitos serão os ataques, mas maior será a glória no Céu! “Ouvi-me, vós que conheceis a justiça, povo meu, em cujo coração está a minha doutrina: não temais os insultos dos homens, não vos deixeis abater pelos seus ultrajes, porque a traça os comerá como uma vestimenta, e os vermes das traças os roerão como lã. Mas minha vitória subsistirá sempre e meu triunfo persistirá de geração em geração”.(Isaías 51,7-8)
     Salve Maria!

10 comentários:

  1. "Estou admirado de que tão depressa passeis daquele que vos chamou à graça de Cristo para um evangelho diferente.De fato, não há dois (evangelhos): há apenas pessoas que semeiam a confusão entre vós e querem perturbar o Evangelho de Cristo.Mas, ainda que alguém vos anunciasse um evangelho diferente do que vos temos anunciado, que ele seja anátema. Repito aqui o que acabamos de dizer: se alguém pregar doutrina diferente da que recebestes, seja ele excomungado!"(Gálatas 1, 6-9)

    "pq virá tempo em que não suportarão a sã doutrina e ajustarão mestres para si." (2Tm 4,3)

    Falam tanto que leem a Bíblia, mas o que está na cara ninguém quer entender, ou entendem e ignora.

    Não percebem que a doutrina da igreja de Lutero, é diferente da de calvino, que é diferente da do edir macedo, que é diferente de mais um monte de gente que se acha Jesus e vai fazer igrejas. A lógica é somente essa: Deus deixou o filho, o filho deixou a Igreja sobre os apóstolos e é nessa Igreja que virá a salvação.
    O diabo é divisor desde o começo. Todo reino internamente divido ficará destruído(Mt 12,25). Já a Igreja Católica Apostólica Romana está de pé há 2 mil anos, porque graças a Deus as portas do inferno não prevalecerão sobre Ela (Mt 16,18)

    Católicos, graças a Deus!!!

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  3. Falou tudo e certinho...Salve a Maria e o nosso Senhor Jesus Cristo...

    ResponderExcluir