quinta-feira, 31 de maio de 2012

Protestantes: vocês realmente acham que os católicos são idólatras?


           Este é um assunto um tanto quanto chato de se discutir. No cenário protestante tem coisa que muda, mas tem que coisa que continua a mesma. E essa coisa que não muda é a picuinha – podemos até dizer a ignorância encarnada – dos protestantes acusarem os católicos de adorarem imagens. Até de uma maneira direta, podemos dizer que a implicância maior é com Nossa Senhora. Até acho que não falariam nada existissem apenas imagens dos outros santos, mas como tem Nossa Senhora, aí começa o bombardeio. Tanto que se observar, nas Bíblias Católicas, o novo testamento vem com o título de santo para quem escreveu, como por exemplo: “Evangelho Segundo São Mateus”. E quando escrevo nas redes sociais alguma passagem do Novo Testamento, descrevendo este “São” referindo-se a santo, por exemplo, nunca ninguém me chamou de idólatra. Até mesmo fotos de Madre Teresa de Calcutá ao serem postadas por mim, não foi motivo para eu ter sido acusado de idolatra. Agora basta uma imagem da Virgem Maria, ou citar algo na própria Bíblia sobre ela, alguma revelação de Suas aparições como em Fátima, aí começa um bombardeio de ignorância sem fundamento. Antes de prosseguir, já pararam pra pensar que falando bem ou mal de Nossa Senhora, estão falando da Mãe de Deus? Ela é a Mãe do Deus filho: Jesus Cristo! Esposa do Espírito Santo! Filha do Pai que encontrou graça n’Ela...
            Pois bem, vamos abordar as imagens de um modo geral. Não quero adentrar muito na questão bíblica, pois todos sabem o que quer dizer. A alegação protestante afirma que nós adoramos imagens. Enquanto a própria Bíblia mostra que o próprio Deus mandou que se fizesse imagens para ser colocadas no templo. Deus não se contradiz. Neste post ‘Católicos: Santos e imagens’ faz uma explanação bem simples a respeito do tema. Então vamos a uma discussão um pouco mais histórica. Todos nós sabemos – ou deveríamos saber – que a Bíblia não é um livro comum, um livro de literatura. E mesmo levando em consideração que a Bíblia é um livro histórico, temos que observar que a Bíblia não conta a história de maneira explícita no sentido de totalmente alinhada. Quando é proibida a imagem de ídolos, está explícito: é de ídolos. As imagens algum santo, de Nossa Senhora, e até do meu Bom Jesus, não podem ser comparadas com a estátua do Rei Nabucodonosor (Daniel 3,1-97), uma vez que ali foi dada, por parte dos homens ou de sua crença, poderes de deus para a imagem, como se ela fosse Deus, abandonando o Senhor Deus único e verdadeiro para seguir os ídolos. Coisa que é diferente do que acontece com os santos católicos, que são apenas a expressão do amor de Deus. Sim, pois ao vermos suas imagens, e logicamente a sua história de vida, vemos como eles sacrificaram suas vidas para seguirem Jesus Cristo e dar a vida por Ele. Ninguém pega uma imagem de Nossa Senhora e fala “oh imagem, gesso que eu moldei, faça isso e isso... gesso tu és meu deus...” e nem mesmo dizemos que Nossa Senhora é ‘deusa’ ou qualquer outro santo é ‘deus’. Então onde está a idolatria aí se não colocamos ninguém acima de Deus? Colocamos os santos, e principalmente Nossa Senhora, acima sim, mas acima de nós. Eles já estão na glória de Deus, e nós ainda agüentando acusações de idolatria e afins...
            As imagens servem para nos colocar em clima de oração. Se você olha para o céu e acha que já basta para entrar em clima de oração, eu não te chamo de idólatra por se ajoelhar diante do sol, das nuvens, da lua, das estrelas... Ih virou idólatra, renuncie seus ídolos então! Aliás, já que toquei nesse aspecto. Quando se diz que não farás imagens nem do que tem no Céu, na terra, e nem nas águas (cf. Êxodo 20,4), trata-se aí dos astros, como por exemplo, os povos que cultuavam o sol. Como ainda existe hoje com povos indígenas, que ignorantes ainda têm essa prática. Vale ainda aquela máxima, se não pode fazer imagem do tipo de maneira alguma, não entendo porque tanta foto de protestante na internet, afinal eles estão na terra, e assim estão se auto-idolatrando (se formos pelo ponto de vista deles). É preferível ter na Igreja Católica logo na entrada uma imagem da Cruz de Jesus Cristo que foi da onde emanou a salvação do mundo, e também dentro ter imagem de Nossa Senhora e dos santos que até ao martírio chegaram por amor a Deus e a Igreja, do que ter na entrada, como em alguns templos protestantes, fotos dos pastores e fundadores de certas congregações protestantes. De fato, cada um com a imagem do fundador da Igreja a qual pertence, na minha tem a imagem do Cristo Ressuscitado que passou pela Cruz... Ainda vale aquela máxima da foto: pessoas com fotos de seus entes queridos beijam-na e é como se estivesse beijando a pessoa em meio a saudade, mas beijar a imagem da Mãe de Deus, ou do próprio Cristo, é idolatria, porque.. porque... porque convém a eles...
            Voltando a falar um pouco mais de história, os protestantes se buscassem estudar mais iriam tomar um grande choque. Para quem não sabe, segundo historiadores, as primeiras imagens (painéis, pinturas) da Virgem Maria foram pintadas nada mais, nada menos do que por São Lucas Evangelista. Isso mesmo! O mesmo que escreveu o terceiro Evangelho (na ordem que temos na Bíblia). Surpreendidos? Rasguem a Bíblia então já que São Lucas devia ser idólatra. Ele pintava a figura de Maria para passar as demais gerações que a ‘proclamariam Bem Aventurada (cf. Lucas 1,46s)’. Assim como fotos de formatura e/ou casamento, por exemplo, servem para recordarmos daquele belo momento, e nunca nos esquecermos, e propagar o que sentia-se naquele momento. Já com os santos é diferente... Mas porque filhos de Lutero?
            Ainda temos que aguentar alguns protestantes mais ignorantes dizerem que “os santos somos nós”. Descobriu sozinho? Sim, os santos somos nós. Mas só porque morremos deixamos de ser santos? Eu sou santo porque renunciei ao pecado, então caso eu morra daqui a 5 minutos então deixarei de ser santo? A Igreja Católica professa em seu credo a Comunhão dos Santos, ou seja, que todos os crentes em Cristo estão vivos para a glória de Deus, e estão em comunhão com Deus. Alguém nega isso? Ok... A questão do “santo” como conhecemos, trata-se da beatificação seguida da canonização, que é apenas um título de mérito (falando com mais facilidade para ignorantes protestantes entenderem) para aquela pessoa que doou sua vida por inteiro em serviço da Igreja para maior glória de Deus. E, ao contrário do que os protestantes e inimigos da Igreja acreditam, não é qualquer um canonizado não. Primeiramente, via de regra, espera-se 5 anos da morte da pessoa, e então abre-se um processo pra sua beatificação, e vendo que a pessoa realmente dispunha de uma santidade verdadeira, espera-se um milagre. Estes milagres por intercessão destes santos são a confirmação desta comunhão com Deus. E podemos ver com os belos testemunhos sobre. Até mais recentemente podem ver sobre o processo de beatificação do agora Beato João Paulo II. Ou para protestantes, podem ver sobre a Beata Serafina Micheli, que obteve de Deus a visão de  Lutero no Inferno. Mas como a discussão não é essa, sigamos...
            Alguns alegam que nós só ressuscitaremos para a vida após a volta de Cristo. Então como o próprio Jesus disse isso para o bom ladrão no alto do madeiro da cruz: “Em verdade te digo: HOJE estarás comigo no paraíso”. Se Jesus disse hoje, é evidente que temos o nosso julgamento pessoal após nossa morte. Será que já não basta tanta preguiça que temos aqui na terra, ainda querem ficar anos dormindo até Jesus voltar? Recomendo que leiam sobre as revelações de Deus Pai feitas à Santa Catarina de Sena, aonde Ele fala do Juízo Particular, como por exemplo: “No Juízo particular, no instante final, quando a pessoa compreende que não pode fugir das Minhas Mãos recupera a visão que a atormenta interiormente fazendo-a ver que por própria culpa chegou a tão triste situação. Se o pecador se deixar iluminar e se arrepender, não por medo dos castigos infernais, mas por ter ofendido a Suma e Eterna Bondade, AINDA SERÁ PERDOADO. Mas, se ultrapassar o momento da morte nas trevas, no remorso, sem esperança no Sangue, ou então, lamentando-se apenas pela infelicidade em que se acha – e não por ter Me ofendido – irá para a perdição. “E biblicamente podemos ver que os santos, aqueles que foram salvos, não só estão em comunhão com Deus mas pedem coisas, podemos ver no Livro do Apocalipse o seguinte:Quando abriu o quinto selo, vi debaixo do altar as almas dos homens imolados por causa da palavra de Deus e por causa do testemunho de que eram depositários. E clamavam em alta voz, dizendo: ‘Até quando tu, que és o Senhor, o Santo, o Verdadeiro, ficarás sem fazer justiça e sem vingar o nosso sangue contra os habitantes da terra?”Então vejamos: Se os santos descritos nesta passagem pedem a vingança (juízo final), quanto mais pedir coisas para a nossa salvação! Deixem de ser hipócritas negando isso.
            Usam muitas coisas do antigo testamento sem ver a realidade história do momento, e pegando coisas soltas condenam aquilo que nem mesmo tem conhecimento. Se o simples ato de ter imagens, ou até mesmo se curvar não em adoração, mas por se colocar em clima de oração, e lembrando daquele servo de Cristo, e até a imagem de Cristo, for idolatria.. Quanto mais aqueles que se curvaram diante da arca da aliança. Ou pior ainda, o Sírio Naamã que tipo de idólatra é que levou terra para adorar, uma vez que em sua terra não existia templo, e então para adorar a Deus ele levou um pouco de terra de Israel (cf. 2Reis 5,1-19). Da mesma forma que a terra que Naamã pegou para construir seu altar lembra Deus, o Céu, uma imagem de Nossa Senhora, de Cristo, de um santo, também lembra a Deus e lembra que devemos dar nossas vidas por amor a Cristo e Sua Igreja. Exemplo, um crucifixo me lembra do que Jesus passou para a minha redenção, lembro-me do calvário, e assim, tento não pecar... Uma imagem de Nossa Senhora me lembra do modelo de santidade, de ser fiel apesar de quando tudo concorre para o não, e mais que isso, me lembra que Deus encarnou no seio de uma virgem, se fazendo homem, para então o Deus se tornar pão (Eucaristia).
            Então mais cuidado quando forem falar asneiras. Na verdade poderia ser escrito mais coisas, mas como disse não queria ser muito profundo, mas apenas fazer um esclarecimento simples das coisas. Pois existem ignorantes que chamam de idólatras até a foto/imagem de padre celebrando a Missa e junto imagem de Cristo. Se não quer ser católico, não seja, mas não critiquem o que não conhecem de fato. Pois sei que os ataques são sempre contra Nossa Senhora, porque se aceitar Nossa Senhora como Mãe como nos foi ensinado por Cristo (cf. São João 19,25-27), nos aproximaremos da verdade, e então nos tornaremos Católicos Apostólicos Romanos. No entanto, se desprezarmos Maria, desprezamos também a Encarnação de Cristo, os milagres, a Eucaristia, o Pentecostes, etc.
            Como disse: cuidado com o que dizem... E se você protestante continua a idolatrar sua seita, cuidado, essa vai pra você: “Estes, porém, falam mal do que ignoram. Encontram eles a sua perdição naquilo não conhecem, senão de um modo natural, à maneira dos animais destituídos de razão.” (Epístula de São Judas 10)
            Fiquem TODOS com Deus e Nossa Senhora!
            São Padre Pio rogue por nós.
            Shalom!

Representando o nascimento de Jesus




12 comentários:

  1. continue anderson a divulgar estas informacoes. Vamos nos aprofundar na apologetica cada vez mais. As heresias protestantes passam, mas como toda heresia deixará os seus estragos.

    ResponderExcluir
  2. Os argumentos acima são vazios de conteúdos histórico e teológico. Não vale a pena nem estender a argumentação. O que digo é que quem escreveu esta matéria é que está jogando os protestantes contra a Mãe de Jesus. Não está nem sabendo interpretar o que eles pensam. Se existe protestante que faz críticas de zombaria aquela que deu a luz ao Salvador, precisa conter-se nas suas escritas e palavras.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Conteúdo vazio porque lhe convém, você é protestante e nenhum argumento católico vai lhe convencer de nada...os católicos tem que parar de jogar pérolas aos porcos.

      Excluir
  3. Os santos são espíritos de luz que estiveram aqui na terra pregando a palavra de Deus,tem santos que sofreram muito por pregar a palavra de Jesus Cristo e pagaram com a vida de maneira barbara como exemplo: São Sebastião,Santa Luzia, São Pedro e outros.Nós católicos não venaramos oque não existe,amamos aqueles que por Jesus deram a sua vida e foram salvos e com toda certeza estão ao lado direito de Deus Pai.

    ResponderExcluir
  4. Como não amarmos essa que se dedicou completamente a Jesus, é verdade que Maria não é deusa nem maior que Deus, mas não devemos esquecer que Nossa Senhora é mãe de Cristo e meresse por isso todo nosso amor e veneração.

    ResponderExcluir
  5. Maria é a mãe de Deus por isso é a nossa Mãe.

    ResponderExcluir
  6. tinha pensamento protestante mas depois de ler esse post eu começei a respeitar os catolicos , mas ainda não concordo com todas as suas crenças ainda assim respeito sim pois voces acreditam no poder de Deus e nEle que tudo pode, eu penso que nao posso acusar ou julgar porque Deus sabe o que e certo e so Ele.

    ResponderExcluir
  7. outro coisa que eu tenho em pensamento e fico feliz é que todos nos cremos no Deus do Impossivel e todos estaremos um dia com Ele por o glórificarmos um dia todos nos viveremos em paz sem atritos e eu estarei com voces irmãos, continuemos a glorificar-lo até o fim, Fiquem com Deus irmãos.

    ResponderExcluir
  8. tbm tenho respostas sobre as imagens no catolicismo que vcs podem acessar:http://catolicismoubauna.blogspot.com.br/ este ai é o link do meu blog.obrigado,meu caro vc fez bem,boa agurmentação.

    ResponderExcluir
  9. Anderson, eu sou católica também, porém senti quando li seu texto um fundo de , não sei bem dizer, como se travasse uma briga contra os protestantes, querendo mostrar que somos superiores, eu fiquei incomodada com isso o texto inteiro. Bom, imagens, ou não, Jesus Cristo e seu maior mandamento: amai-vos uns aos outros como Eu vou amo. Ponto. Ao que te ferir numa face, oferece-lhe também a outra; e ao que te houver tirado a capa, nem a túnica recuses;
    Lucas 6:29. Deus te abençoe, a mim também e a nós todos. =)

    ResponderExcluir
  10. Na boa quem escreveu este artigo, precisa primeiro se converter de verdade, segundo ler a bíblia e estudá-la, terceiro se arrepender de tanta baboseira e idolatria sem fundamento e quarto saber que a um só Deus e um só mediador que se cha Jesus Cristo! E fora dele não há salvação!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você é tão convicta de sua fé,o que esta fazendo num blog católico?

      Excluir