quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Retrospectiva pessoal de 2011 - O Glória!

Olá amados filhos do Deus vivo. É com grande alegria que escrevo este post para o blog, relembrando do que aconteceu – comigo em particular – neste ano de 2011. Se ano passado foi melhor que 2009, este ano foi um dos melhores anos da minha vida.
Como devem saber, pela minha rebeldia passada, não havia sido crismado. E este ano me crismei, graças a Deus. Mas antes da Crisma vem o Retiro de Crisma. Algo maravilhoso, mergulhar na intimidade do Senhor. Eu, um dos mais velhos da turma e – sem querer me gabar, falo isso com tristeza – um dos mais firmes e mais mergulhados na graça de Deus. Isso porque, infelizmente, as pessoas tratam a Igreja (assim como retiros de Crisma e o próprio Sacramento) como lugar de encontro de amigos. E unicamente isso. Vi muita gente beber da graça de Deus ali, mas depois ir beber de outras coisas não oriundas de Deus.
Mas o fato é que eu estava feliz. Cheio de Deus. Mas eis que o demônio quis arregaçar comigo. O encardido tentou de tudo pra acabar com minha conversão. Lembro-me que minha avó paterna ficou doente, muito, muito doente. Fez cirurgia e tudo mais. Diziam que ela não escaparia. Mas pela graça de Deus, eu e minha mãe acendemos as velas de Pentecostes e ela esta viva até hoje. Só um detalhe: avó esta que é protestante. Esta viva pela promessa das velas de pentecostes e porque rezamos o Santo Terço, esta viva por causa de Nossa Senhora.
Mas uma das coisas que mais me abalaram neste 2011, além deste caso da minha avó, foi o meu quase abandono da Igreja. Após o retiro, rezando, sentia que Deus queria que eu largasse a faculdade.não era vontade dEle para mim naquele momento. De fato, eu estava indo pra faculdade não pelo saber, mas por status e pra conseguir coisas não santas. Na universidade eu era preza fácil para o demônio já que eu não estava buscando a santificação da minha alma com tanto ardor assim. E todos sabem o quanto é oferecido de pecado.
Fiquei muito triste, e até mesmo com raiva de Deus por isso. No primeiro dia que já faltei por não ir mais a faculdade por “obediência” a Deus, eis que acordo pouco mais das seis da manhã; era um oficial de Justiça para me entregar uma intimação. Pra quem acabava de se decidir em trancar a faculdade é meio complicado acordar com um oficial de justiça entregando uma intimação. Mas o que mais contribuiu para a minha “revolta”, é que quem me intimava era meu próprio pai. Para deixar de pagar pensão, que já nem recebia mais. Mas enfim, não parava por ai. Meu aniversário é dia 13 de abril. A audiência foi dia 14. E vocês sabem como é receber feliz aniversário do Juiz e desprezo do seu pai? Eu sei que é o jeito dele, e nem o culpo. Mas que dói...A dói! Fiz questão de pedir pra não receber mais nada da parte do meu pai – mesmo com o juiz, promotor, etc insistindo para que eu continuasse – pois não queria problemas. Ao final da audiência, já voltando pra casa, meu pai me deu 300 reais. Eu queria um abraço de pai, e ele me veio com dinheiro. Isso foi uma enorme contribuição para a minha ira interior, uma ira não contra meu pai, mas contra mim mesmo que me achava o pior. Poucos lembraram do meu aniversário. Poucos queriam saber o que se passava comigo. A maioria vinha com piadas e palavras desanimadoras.
Na verdade eu estava sendo violentado pelo diabo. Minha vida se transformou em uma enorme confusão. Eu queria abandonar a Igreja pois já não via mais sentido em mim, em tanta desilusão, tanta tristeza, tanta incompreensão. Tive um acompanhamento de “emergência” com minha pastora de grupo de oração. Foi o divisor de águas para o meu ficar ou sair da Igreja. E naquele dia nas ruas de Brasília o diabo deve ter gritado de ódio, pois declarei que sou CATÓLICO APOSTÓLICO ROMANO GRAÇAS A DEUS ETERNAMENTE ATÉ OS ULTIMOS DIAS DE MINHA VIDA! Como diria São Padre Pio: “Não é a Igreja que precisa de mim, sou eu que preciso da Igreja”. E lembro-me que minha pastora fez uma oração de renuncia/libertação dirigida a Nossa Senhora, pedindo pra pisar na cabeça da serpente. E ao final da oração ela me proclamou: “Meu filho, os demônios tentaram te derrubar, mas eis que o Senhor vem hoje afugentar todos eles da sua vida.”
Comprovo isso no meu crescimento espiritual no decorrer do ano. No dia seguinte a esse episódio, refletindo, vi que devia usar meu dom de rimar para fazer alguns raps para evangelizar. O Espírito Santo me deu a consciência de que o encardido não gostaria disso. Pois bem, fiz meu primeiro Rap. E na noite posterior que me decidi por jamais sair da Igreja, acordei de madrugada com um bicho no telhado gritando e batendo as garras no telhado. Acho que alguém ficou irritado pela minha decisão por Deus, não acham?
Como em todos os anos, participei da Semana de Pentecostes. Um milhão e meio de pessoas. Algumas coisas que chagaram meu coração como quase ninguém se ajoelhar na consagração e exposição do Santíssimo Sacramento. Mas não deixou de ser ungido. Mas uma das coisas mais belas, é que sempre nas datas importantes da minha vida, a Paróquia São Pedro – ou na condição de Comunidade Renascidos em Pentecostes – esteve presente em minha vida. Antes do retiro de Crisma havia ido lá. E a Semana de Pentecostes foi um fim de semana antes da minha Crisma.

minha madrinha e eu.

No dia 19 de Junho de 2011 (dia em que a Igreja celebrava a Santíssima Trindade) eu fui Crismado. E naquele dia pra glória de Deus, me tornava verdadeiramente Católico, com os dons do Espírito. E me tornando cada vez mais, um servo verdadeiro de Cristo. Que alegria maior em saber que a cada passo se avança para o encontro do Amado?
Assumi a vocação Shalom, deixando o meu egocentrismo. Eu que tanto relutava contra esta vocação. Hoje faço parte da obra da Comunidade aqui em Brasilia, mas vejo o quanto Deus a tem usado para o meu progresso na intimidade com Ele. Deus se manifesta comigo numa simplicidade tão grande, que até é difícil de ver como um Deus tão poderoso e glorioso é capaz de querer salvar alma tão ignorante como a minha. Mas o fato é que meu grupo de oração da Shalom (Iahweh Nissi) fez retiro, e neste retiro pude beber do carisma e ver que realmente sou Shalom. Minha vida é ser Shalomita? Não sei, até porque não fiz vocacional. Mas que eu seja shalomita na sua potência até quando o Senhor me puxar ou não para outro lugar para transbordar.
Meu ano foi cheio de bênçãos. Fiquei sem a faculdade, não passei em concurso, não tenho emprego fixo. Mas to letrado nos guerreiros celetiais. O Senhor fez um chamado grande para mim, que relutei um pouco, tive medo, mas não pude negar nada aquele que deu Sua vida na cruz não porque Ele achava legal uma cruz, mas porque não me queria ver queimar no inferno. O Senhor me fez o chamado a ser Escravo da Virgem Maria. O Glória é esta devoção. É remédio contra o pecado? Não. Mas é o alistamento pra ser soldado de Cristo com todas as armas do céu. Ser todo de Jesus pelas mãos de Maria. Glória a Ti Senhor Deus do universo, pois fui chamado a esta importantíssima decisão, e me ajude a ser fiel até o ultimo milésimo de segundo de vida que eu tiver. Senhor Deus, desde o dia 27 de novembro de 2011 eu não mais me pertenço, pertenço a Virgem Maria, aquela que tu abençoou como Mãe do Salvador.
É isso irmãos, 2011 para mim foi um ano perdido para mim. Pois para mim perdi o mundo, perdi as minhas rédias. Sou todo da Virgem Maria. Sou todo para o Céu. Que 2011 seja do mesmo jeito, um escravo da Virgem Maria, pelo nome de Jesus Cristo ajudando a quebrar as cadeias da escravidão do diabo, ajudando a formar um imenso exército do Senhor, que proclama o Senhorio de Jesus Cristo, o amor a Igreja Santa e Católica, e que jamais esquece que Maria é nossa Mãe e venerável Rainha.
CONSAGRA-TE A VIRGEM MARIA!

Nenhum comentário:

Postar um comentário