domingo, 26 de setembro de 2010

Maria nossa Mãe


A paz meus irmãos e irmãs em Cristo Jesus.
            Ave cheia de graça, o Senhor é contigo”(Lucas 1,28). É com as mesmas palavras que o anjo Gabriel falou para Maria que quero começar a falar nessa postagem também. Ave cheia de graça, tu que és puríssima desde quando concebida, e sem a mancha do pecado original. Virgem puríssima, e cheia do Espírito Santo, mãe de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. Tu oh mãe que no maior desespero pedimos a intercessão junto a Deus, pois ninguém mais próximo dele do q a Senhora, pois foi a Senhora quem o concebeu pelo Espírito Santo, e o teve em seu ventre por nove meses. Carregou no colo, ensinou-lhe a andar, a falar, esteve com ele em todos os momentos, inclusive no momento da Paixão e ficastes aos pés da cruz. Oh Mãe das graças, oh puríssima virgem mãe, me ensina a amar Jesus Cristo como Ele merece ser amado. Ensina-me a ser como vós, que guardastes tudo no coração, e tudo fazíeis para honra e glória de Deus. Oh Maria que por obra do Espírito Santo concebestes o Salvador, rogai por nós.
            Meus irmãos, fico triste ao ver muitas pessoas desprezarem e blasfemarem contra nossa mãe do céu. Não entendo como renegam aquela que disse o SIM a Deus, que mesmo sabendo das dificuldades que passaria assumiu o que Deus tinha para a vida dela. Maria é um grande exemplo de fé em Deus, de confiar cegamente em Deus. Poderíamos seguir o exemplo dela, e fazer a vontade que Deus tem para nós.
            Se você gosta desse blog, agradeça a Deus e a Maria também. Pois eu comecei a debater, e a falar sobre as coisas de Deus, de certa forma a evangelizar, depois que entrei em uma discussão começada em razão de um colega falar mal de Maria. Lembro que havia postado a seguinte frase de uma música: “Rainha dos anjos cercada de luz, coroada de esplendor, Maria a mãe do Salvador as suas graças se derramam sobre nós”. Talvez ali debatendo com o irmão protestante Deus estava me mostrando através da Virgem Maria (já que começou falando sobre ela), que eu deveria evangelizar, falar o que eu aprendi no decorrer da vida, enfim, ser um instrumento Dele.
            Não entendo como pode irmãos protestantes falarem tão mal de nossa mãe. Se prestarmos atenção em uma coisa: todos falam de Davi, Abraão, Moisés, etc, mas de Maria simplesmente a renegam. Gostaria de saber o porque. Maria teve um papel fundamental para a salvação da humanidade. Se você acha que não, então pergunto a você, e se Maria tivesse dito NÃO? (ela teria esse direito, já que Deus nos fez livre para nossas escolhas). Então gostaria de saber. Porque só ela havia sido preservada do pecado, só ela a puríssima. E se ela tivesse abortado? E pergunto ainda, Jesus veio como um homem, sujeito a lei. Dessa forma deveria ser bem educado. E se Maria com São Jose não tivessem o educado direito? Fica a questão no ar para você refletir.
            Jesus nos prometeu o Espírito Santo, que se cumpre no Pentecostes. E Maria estava presente no cenáculo. Ela que já era cheia do Espírito, estava ali na formação da Igreja com os apóstolos e o Espírito Santo descendo como fogo. Peço sempre que Maria interceda na vinda do Espírito Santo em mim. E aconselho a vocês a fazerem o mesmo, pois ela é a cheia de graça, peça o Espírito Santo a ela, que assim como aconteceu com Isabel: “Ora, apenas Isabel ouviu a saudação de Maria, a criança estremeceu no seu seio; e Isabel ficou cheia do Espírito Santo.” (Lucas 1,41). Peçamos também que Maria nos visite, e traga com ela esse Espírito Santo, que com ela venha Jesus nosso Senhor e Salvador.
            Muitas vezes protestantes confundem nossa relação com Nossa Senhora, eles acham que a colocamos acima de Deus. E isso não é verdade. Maria é apenas mãe e intercessora. O nosso único Senhor e Salvador de nossas vidas, chama-se JESUS CRISTO.
            E muitos também podem se perguntar, “nossa por que a chamam de mãe?”. É muito simples responder. Se você pegar a sua Bíblia, e leia em João 19, 25-27 o que o Senhor diz: “Junto a cruz de Jesus estavam de pé sua mãe, a irmã de sua mãe, Maria, mulher de Cléofas,e Maria Madalena. Quando Jesus viu sua mãe e perto dela o discípulo que amava, disse à sua mãe: ‘Mulher, eis aí teu filho’.Depois disse ao discípulo:’Eis aí tua mãe’. E dessa hora em diante o discípulo a levou para a sua casa”. Esta ai desenhado pra você a vontade de Jesus, de termos Maria como mãe. Só não vê isso quem não quer, ou quem é pré-disposto a negar isso. Devemos ser como esse discípulo, que a acolheu realmente como mãe e a levou para casa. Vamos trazer Maria para nossas casas, e com ela vem o Espírito Santo e Nosso Senhor.
            Tem uma passagem na Bíblia que acho que todos já viram, quando Maria intercede na festa de casamento quando o vinho acabou (veja em João 2, 1-12). Mas não irei falar sobre ela, já que se muitos distorcem essa passagem. Então falarei sobre algo que aconteceu comigo. Uma graça recebida através da medalha milagrosa de Nossa Senhora das Graças. Eu tinha suspeita (quase que concretizada) de um problema no coração. Tudo que eu ia fazer me dava falta de ar, um aceleramento no coração do nada, pontadas, enfim, tinha esse problema. Eu comecei a fazer a novena da medalha milagrosa pedindo a intercessão de Nossa Senhora em prol da minha faculdade, so que me lembrei que meu exame estava marcado para o domingo próximo. Entao comecei a pedir a Nossa Mãe que se fosse da vontade de Deus que eu ficasse bom, e que nada desse nos exames. Fiz o eletrocardiograma, e constou apenas alterações simples, fiz um outro exame, e nada constou neste também. E ao mesmo tempo sumiram aquela falta de ar excessiva, dores, enfim estou ótimo pra honrar a esse Deus maravilhoso. E agradeço a Virgem Maria por ter intercedido por mim pra ter essa graça.
            Quero colocar ainda o seguinte:  TUDO POR JESUS, MAS NADA SEM MARIA! Você que despreza nossa mãe, o que melhora isso?
Lembrando ainda que Maria e temida pelo demônio. Pois Maria é puríssima e sem pecado, assim o inimigo não consegue se aproximar, e nem olhar pra ela. Por isso consagremos a ela, pois pedindo assim a ela por Cristo Jesus, que nos afastes das ciladas e tentações do inimigo. Peçamos que ela nos cubra com seu manto sagrado, e que nos proteja de todo o mal. Mãe protetora faça com que façamos tudo por Cristo, na vontade de Deus, e participemos da vida eterna, com a Senhora e toda a Igreja do Senhor.
Tenhamos Maria como mãe. Assim como na seguinte música (Regaço Acolhedor – Irmã Kelly Patrícia):
Oh, minh’alma
Retorna à tua paz
Como criança bem tranqüila
No regaço acolhedor de sua
Mãe.

Minha mãe é a virgem maria
É ela que agora vai
Me acolher, me abraçar,
Me perdoar, me compreender,
Me acalmar, me ensinar,
Me educar,
Me formar, me amar.


Ave Maria cheia de graça
O Senhor é convosco
Bendita sois vós entre as mulheres
Bendito é o fruto do vosso ventre Jesus.
Santa Maria Mãe de Deus
Rogai por nós pecadores
Agora e na hora de nossa morte
Amém
 Nossa Senhora (por qualquer um dos títulos), rogai por nós.

            Ps: Ouçam a música "Linda Menina", do Rosa de Saron. Fiquem com Deus e Nossa Senhora
Paz e bem.


terça-feira, 21 de setembro de 2010

Deus e Sua simplicidade

Testemunho de Tchumas, jovem talentoso da Paroquia São José - Santa Maria DF


"Aconteceu recentemente, no mês passado!



na missa q eu, o Julio e o Edgar, e um amigo nosso tocamos!


na missa de domingo à noite!


tipo tava tudo certo dias antes de tocarmos na missa!


até q um dia antes , no sábado à noite, fiquei com a garganta inflamada!


acordei no domingo absolutamente sem voz pra cantar


poupei ao máximo a voz pra cantar de noite


e quando chegou de noite, mesmo naum cem por cento da voz


começamos a tocar e talls


e no meio da Homilia do Padre Antônio


um beija-flor entrou na igreja e começou a voar por toda a igreja!


até q num momento parou em cima do pedestral q eu tava cantando..


fikei admirado com a cena!


no mesmo instante pensei comigo:


é Deus q está aki em forma de beija-flor


está se fazendo presente


e está abençoando esta missa!


e foi o que aconteceu!


engraçado q enquanto eu cantava, naum fikava rouco!


mas quando terminou a missa, comecei a fikar rouco!


Verdadeiramente, Deus me abençoou nakela missa!


cuidou da minha voz!


e todos q compareceram na missa daquele domingo gostaram do nosso trabalho!


elogiaram bastante!


é a prova q Deus tmb gostou!


pois sabemos q Deus está feliz através das pessoas


q são reflexos de Deus!


Nunca eskecendo q o que fazemos naum é pra ser adorado..

e sim para adorar à Deus, nosso Pai!


e q assim seja em missa, encontros e projetos q Deus nos irá permitir realizar!


é isso!"


Obrigado Pai pela vida deles, que continuem evangelizando atraves dos dons que o Senhor os concedeu.

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Deus é o nosso único refúgio

“Hora da Provação
Salmo 141 – (Heb 142) Hino de Davi, quando estava na caverna. Oração.
Minha voz lança um grande brado ao Senhor,
Em alta voz imploro ao Senhor.
Ponho diante dele a minha inquietação,
eu lhe exponho toda minha angústia.
Na hora em que meu espírito desfalece,
Vós conheceis o meu caminho.
Na senda em que ando, ocultaram-se um laço.
Olho para a direita e vejo:
Não há ninguém que cuide de mim.
Não existe para mim um refúgio,
Ninguém que se interesse pela minha vida.
Eu vos clamo Senhor, vós sois meu refúgio,
Meu quinhão na terra dos vivos.
Atendei ao meu clamor,
Porque estou numa tremenda miséria.
Livrai-me daqueles que me perseguem, porque são mais fortes do que eu.
Tirai-me desta prisão, para que possa agradecer ao vosso nome.
Os justos virão rodear-me,
Quando me tiverdes feito este benefício.”

               
               Irmãos em Cristo Jesus, este Salmo é um ensinamento de que nosso único e verdadeiro refúgio é Deus. Não adianta tentarmos buscar outros meios, outras coisas vãs para nos preencher, pois o que nossa alma necessita é de Deus.
                Veja que Davi expõe toda sua angústia e inquietação diante de Deus. Faço uma pergunta agora: Você expõe seus problemas, suas dificuldades, suas alegrias, enfim, tudo a Deus? Pois muitos procuram psicólogos, só que o maior e melhor de todos chama-se Jesus Cristo (ouvi o Padre Moacir Anastácio falar mais ou menos isso, e achei muito interessante).
                E quando Davi fala que olha para a direita e não vê ninguém, é como muitas vezes acontece conosco também. Olhamos para a direita, para a esquerda, pra frente, pra trás, e não tem ninguém para nos ajudar, ninguém para ser nosso refúgio. Mas o Senhor é Misericordioso, ele é o nosso refúgio, mesmo ate se sua própria mãe te abandonar Ele não te abandonará. Ele não se esquece de seus filhos. Só Deus é o nosso caminho, a resolução de nossos problemas de qualquer área esta em Deus, basta que você abra seu coração e todo seu ser a Deus.
                Quantas e quantas vezes não estamos na mesma situação, se sentindo na miséria? Nós que muitas vezes somos devorados pelo pecado, pois somos fracos demais. O inimigo joga nosso pecado na nossa cara, tenta nos distanciar de Deus, nos coloca duvidas, intrigas, e pelo desespero as vezes nos sentimos tão miserável que acreditamos. Mas hoje eu quero te dizer, que você tem que acreditar no Deus que é amor, e que é misericórdia. O Deus que te ama, mesmo você tendo andado por lugares que não era Dele, mas que pelo simples ato de você se entregar por Ele, vem te perdoar, de lavar a alma.
                E ainda no que diz no Salmo: “Livrai-me daqueles que me perseguem, porque são mais fortes do que eu”.  Sinto muito te dizer, mas é assim que muitas vezes parece ser. Você quando assume sua fé em Deus, aquela fé Cristã, a fé Católica, sinto dizer  VOCÊ VAI SER PERSEGUIDO, assim como esta no Salmo. Eu muitas vezes no meu estado  humano, na minha fraqueza, sinto o mundo ser mais forte do que eu, mas agarro na mão de Jesus Cristo, pois não temo nada junto Dele, pois Ele venceu o mundo.
                Quero enfatizar pra você meus irmãos, confiem cegamente em Deus, se entreguem por completo a Ele, pois ele foi capaz de entregar seu filho para nós, e Jesus Cristo que é Deus com o Pai e o Espírito Santo se entregou por amor a humanidade. Vamos fazer o seguinte: vamos a Igreja, alem da Santa Missa que é o mais importante (que é onde ele se faz presente no nosso ser pela Comunhão), vamos para adorá-lo, vamos comparecer a Igreja para conversar com ele, pois ele esta presente no Sacrário em todas as Igrejas. Se confesse com um sacerdote, e receba Jesus Eucarístico, se entregue a Deus e seja feliz com Deus, por honra e Glória de Deus Pai todo poderoso.

 Confie nas promessas de Deus, assim como Nossa Senhora confiou.
Deixe Jesus agir na sua vida.
Paz e bem.

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Precisamos ter caridade


O mundo parece ter esquecido o valor da caridade, o quanto é importante, e o quanto faz bem fazer o bem. Nos dias atuais, nós vemos como o número de pessoas que passam por necessidades tem aumentado. Mas e a caridade?
A caridade (ou a falta dela) faz parte do nosso dia-a-dia, esta a nossa volta, e parece que não a percebemos. Tudo o que fazemos para o bem do próximo é caridade, é bom ser caridoso com as pessoas, mas o mundo moderno esta cada vez mais “corrido”, e a “lei” é cada um por si.
Uma cena simples, que muitos de vocês já devem ter presenciado, me deixou com uma dúvida em relação à caridade das pessoas.: “Estava eu no ônibus, indo para o Plano Piloto (Brasília), quando paramos no sinal. E lá havia um jovem a fazer malabarismo com uma bolinha. O que venho a me intrigar, foi quando o jovem foi para perto dos carros (muito provavelmente para pegar esmolas), ninguém deu, mas todos foram de certa forma educados, com a exceção de uma mulher que subiu o vidro do carro ao ver o jovem se aproximar ( e nem se quer olhou na cara do individuo).
Nunca faltaram pobres na terra, e por isso dou-te esta ordem: abre tua mão ao teu irmão necessitado ou pobre que vive em tua terra.” (Deuteronômio 15, 11). Se você não quer ou não pode ajudar a pessoa que precisa, tudo bem. Mas trate-o como gente, como seu irmão em Deus (assim como ele é), e não como um animal que nem se olha pra cara, e o “escorraça”. Hoje em dia somos ensinados a não dar esmolas, colocam uma série de historias que tenta nos impedir. Mas é fácil dizer para não dar esmolas, não é você quem passa fome, frio, doença, e tudo mais no meio da rua. Se aquela esmola que você deu for usada para coisas erradas (que o mundo ensina hoje), sua parte você fez, ate porque nem todos que pedem são usuários de drogas e afins.
Temos um costume de ajudar apenas a quem sabemos que seremos recompensados. Como diz o Evangelho: “E se fazeis bem aos que vos fazem bem, que recompensa mereceis? Pois o mesmo fazem também os pecadores. Se emprestai aqueles de quem esperais receber. Que recompensa mereceis? Também os pecadores emprestam aos pecadores, para receber outro tanto.”(Lucas 6, 33-34). Vamos fazer a caridade a todos, faça o bem sem olhar a quem, e quando vemos um irmão precisando, ajuda-o mesmo sem garantia de recompensa, pois sua recompensa vem de Deus Pai.
Vamos viver como verdadeiros irmãos, tiremos esses rancores, e sejamos caridosos um para com os outros. Assim com diz Jesus: “A vós que me escutais, eu digo: Amai os vossos inimigos e fazei o bem aos que vos odeiam, bendizei os que vos amaldiçoam, e rezai por aqueles que vos caluniam”. (Lucas 6, 27-28). Mesmo que você não suporte a pessoa com a qual convive, lembre-se: “Se não amas aquele que você ver, como pode dizer que ama a Deus se nunca o viu”
Sejamos caridosos com a Santa Igreja também, muitos não conhece o verdadeiro valor do dízimo e das ofertas. Não pagam, aquilo que recebe de Deus. Os dízimos e ofertas são ensinados na Bíblia, e aquilo que você doa não vai para o padre, freira, leigo, “fulano”, sicrano, beltrano, mas sim para a obra de Deus. “Pagai integralmente os dízimos ao tesouro do templo, para que haja alimento em minha casa. Fazei a experiência – diz o Senhor dos Exércitos – e vereis se não vos abro os reservatórios do céu e se não derramo a minha benção sobre vós muito além do necessário. (Malaquias 3,10).
Deus não precisa de dinheiro, os dízimos e ofertas são uma forma de agradecimento por tudo que recebemos de graça de nosso Pai. E façamos isso com amor, pois é com amor que tudo recebemos Dele.
Fiquem com Deus e Nossa Senhora
Paz e Bem.

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Jesus me reergueu!


(Estou contando resumindo)

Posso começar a Dizer que Deus na minha vida começa desde o meu nascimento. Minha mãe não conseguia engravidar, tentou tratamentos, mas não podia engravidar. Em um momento turbulento da vida dos meus pais, eles já quase a se separar (pelo que fiquei sabendo), minha mãe descobre que está grávida. Meio que eu “salvei” o casamento deles.


Mas como tudo tem sua dificuldade, eu tive a minha na hora do nascimento. Eu nasci “atrasado”; pra se ter uma ideia, eu nasci numa média de 10 dias atrasado. Então minha mãe foi urgentemente encaminhada pra cirurgia no Hospital Regional do Gama fazer uma cesária. Minha mãe relata que eu nasci roxo, provavelmente se o parto demorasse mais seria fatal.


Minha família como Católica graças a Deus, fui logo batizado com 10 meses, em São Paulo.Tenho muito pouco contato com meus padrinhos, mas gosto muito deles, quando a gente precisava e eles podiam ajudar sempre nos ajudou.


Eu desde pequeno indo a Missa com minha mãe, às vezes junto com meu pai; mesmo sem entender o que acontecia ali. Lembro que mesmo criança quando passei q compreender mais as coisas, tentava fazer a 1ª Comunhão, fazia catequese só que o inimigo me tentava e eu sempre desistia. Ou acontecia algum fato que me impedia de fazer o restante da catequese.


Meus pais viviam em atrito, meu pai alcoólatra, minha mãe bebia sua "cervejinha" as vezes também, e meu pais cada vez se encaminhando para uma separação. Quando ia pra Missa com minha mãe, lembro, por exemplo, que meu pai não queria ir e falava: “já esta indo levar o dinheiro da carne do padre?” Minha mãe passou a parar de chamar meu pai pra ir pra Igreja, ai que eu acho que foi o ponto em que “a casa caiu”. Diversas vezes eu acordei no meio da noite com meu pai me segurando nos braços, e minha mãe falando pra me colocar de volta na cama; Fazendo? Eu também não sei. Meu pai no mais alto da fraqueza, atentou contra minha mãe,bêbado ameaçava de colocar fogo em casa. E sabe como chegou a esse ponto? A resposta é: FALTA DE DEUS! A partir do momento em que se deixa Deus de lado e vive o mundo, o inimigo tenta se apoderar da pessoa.


Diante dos problemas, eis que em 2002 vem o divórcio. Eu com 10 anos não entendia direito o que dizia a Igreja sobre isso, mas eu apoiei e meio que dei força. “O que Deus uniu, o homem não separa”, mesmo com tantos problemas posso afirmar pra vocês que depois desse pecado do divórcio a situação ficou complicada. Eu morando com minha mãe, saímos da Santa Maria Norte, e fomos morar na Sul. Senti tanta dificuldade com minha mãe, eu vi as latas de arroz quase vazias. Lembro que na inocência falava para minha mãe: “Será que o arroz vai da ate fim do mês?” como essas palavras deviam doer no coração da minha mãe.


Colocamos pessoas que não seguia a Deus dentro de casa, as coisas atrasaram. Tivemos a tragédia da morte de uma tia minha. Depois do ocorrido minha mãe chegou quase a uma depressão. A tal pessoa foi embora, e apareceram pessoas que começaram a nos ajudar. Íamos a Paróquia São José (não todo domingo como nos é mandado), ai entrei na catequese pra fazer a 1ª comunhão. Ah minha tão esperada 1ª Comunhão, receber Jesus Cristo era meu sonho, porem confesso que deu vontade de desistir, achava 1 ano e meio muito tempo.


Mas graças a Deus no dia 20/11/2005 eu consegui minha graça, Recebi o Corpo e o Sangue de Nosso Senhor Jesus Cristo. Encontro verdadeiro com Deus. Ai vocês acham que a partir daí eu passei a ser o “santinho” da família, da Paróquia, etc.? ERRADO! Eu me inscrevi pra Crisma, mas nem fui pra catequese. Eu queria descansar, eu me achava cansado demais de todo domingo ter que ir pra catequese. Se arrependimento matasse não teria esse blog!


Na mesma época da minha 1ª Comunhão, fui pela 1º vez na Paróquia São Pedro nas Missas de Cura e Libertação. Posso dizer que me senti tão bem lá, um padre com um dom de Deus, bela pregação. E fui indo de vez em quando com meu tio que encontrou Jesus de verdade lá.


Mas eu não continuei com uma fé viva, eu aos poucos fui abandonando a Igreja. Troquei a Santa Missa por futilidades como jogar futebol, assistir futebol, vídeo game, computador, dormir um pouquinho a mais, etc. E minha vida ia saindo do eixo e eu não percebia isso. Tanto em relação à escola, de aluno exemplar (era o que diziam), fui começando a ficar com notas ruins, tendo problemas com professores. No ano de 2007, eu tive crise de bronquite 2 vezes durante o ano letivo. Isso contribuiu para minha reprovação, alem da parte que eu não conseguia me concentrar como antes. (fora a parte financeira, que na época tinha livros que eu não podia comprar e muitas apostilas, não tinha condições).


Em 2008 comecei a trabalhar na área de vendas com meu tio. Eu ganhava muito dinheiro pra um garoto com 16 anos na época. Eu quando ia a Igreja era só na São Pedro em Taguatinga, porque eu gostava de lá (e devo ter ido naquele ano só umas três vezes), dava minha oferta, porem eu não fazia o que esta na Lei do Senhor, NÃO PAGAVA O DÍZIMO. E mesmo vendo a grande efusão do Espírito Santo na festa de Pentecostes, que pela 1º vez havia sido no Park Leão. Vi o poder de Deus agir naquela multidão, sai cheio de graça, porém fora de lá continuei fazendo a mesma coisa; Até parei de estudar na ganância de trabalhar o dia todo pra ganhar mais dinheiro. Por fim, não deu mais certo o trabalho.


Em 2009, vida nova? Voltei a Igreja? Quem dera tivesse sido, mesmo que a ideia era mais ou menos essa. Voltei a estudar, continuava indo a Igreja vez ou outra. Quando ia a Paróquia São Pedro, ficava encantado com a pregação do PE Moacir, mas parecia tão difícil fazer as coisas que nos era passado. Ate comungar sem confessar em fiz. Eu conheci certas pessoas que do meio protestante, vinham com "papinhos" de bons amigos, e que me induziram a fazer coisas que eu não queria, conheci a maldade das pessoas. Fui cada vez mais me afundando na vida, me sentindo mal, mas não percebia.


Em Pentecostes 2009, novamente no Park Leão, eu meio que me senti mais tocado ainda por Deus. Depois percebi como estava minha vida, e acendi minhas velas de Pentecostes pedindo o milagre, que eu terminasse logo o Ensino Médio e Entrasse na faculdade. Pouco tempo depois fiz um supletivo, terminei o Ensino Médio. Não entrei logo na faculdade por alguns problemas ocorridos com a escola.


No fim daquele ano, fiz o vestibular da Universidade Católica de Brasília, passei ate que bem, me matriculei e aguardava com ansiedade a o início das aulas. Em uma das Missas de Cura e Libertação na Paróquia São Pedro, o Pe Alessandro que estava na ausência do Pe Moacir, revelou mais ou menos o seguinte: “aqui tem um jovem, que tem complexo de inferioridade. Tudo você diz que não da conta, não quer, não gosta, não sabe, você se acha incapaz. Você tem isso a muito tempo, e isso vem te atrapalhado muito na sua vida. Deus vai te ajudar nos caminhos da sua vida”. Vocês devem estar pensando que depois de uma profecia dessa vinda do Pe minha vida se arrumou toda, não é? Mas o fato é que eu não conseguia bolsa na faculdade, não consegui emprego, então tive que cancelar a matricula da tão esperada faculdade. Fiquei chateado com aquilo, mas nunca reclamei de Deus, ate porque a Faculdade não estava nos planos Dele para mim. Ate por que tinha pedido a faculdade só se fosse da vontade Dele. Depois disso, criei vergonha na cara e depois de quase 5 anos eu fui me confessar, contei praticamente tudo, o Pe Reginaldo da Paróquia Santa Mãe de Deus, me disse pra não ter vergonha dos pecados, porque Deus me ama assim mesmo. Sai de lá aliviado e assim como em quase toda confissão minha sentia o corpo esquentar, um fogo que era como que se me purificasse, e sentia algo ruim que saia de mim.


Então já desde o fim de 2009 indo as Missas todos os domingos (com algumas exceções), entrei pra turma de Crisma. Catequistas ótimos, que são instrumentos de Deus, e que são realmente amigos meus. Então um dia em um momento de insônia, comecei a pensar na minha vida, e percebi que eu não havia conseguido entrar na faculdade e nem o emprego, pelo fato de que eu não estava sendo fiel, não estava seguindo a lei dele, e que se eu tivesse entrado na faculdade naquele momento eu teria abandonado Ele novamente.


Percebendo isso, vi como é grande a Misericórdia do Senhor. E consegui entrar na Faculdade. Faço Direito na UNIP- Brasília, e se estou conseguindo meus objetivos é por vontade de Deus. Eu em relação a Igreja não fazia nada,e hoje naturalmente vai surgindo coisas para mim. Ate entrei pra Comunidade Católica Palavra Viva, sendo do grupo de aliança (1º reunião será neste domingo 05/09).


Minha vida depois de realmente seguir a Cristo conforme a vontade Dele, foi só bênçãos graças a Deus. Claro que temos nossos problemas, dificuldades, provações, mas nunca deixo de segurar a mão de Deus. Minha mãe voltou a se confessar, e hoje vai na Igreja pra receber Jesus Eucarístico. Deus é tão fiel, que tudo que eu tenho pedido para ele, sou atendido, a não ser que seja algo que não seja dos caminhos Dele. Só o que me deixaria mais feliz seria meus pais reconstruírem o casamento, sei que é difícil, mas com a intercessão da Virgem Maria e São José, posso conseguir essa graça de Deus. Apesar dos problemas com meu pai, amo ele, pois é esse o pai que tenho que amar, é o que Deus me deu para amar, não adianta eu querer amar um outro, que só existe na minha mente.


E após relatar tudo isso, posso dizer que sou um Renascido em Pentecostes, pois foi ali em Pentecostes que vi as promessas de Deus se cumprir, sentia efusão do Espírito Santo, e glorifico a Deus por tudo que tem feito na minha vida e na minha família.


Fiquem com Deus e Nossa Senhora, que o Espírito Santo derrame Seus dons em cada um de nós. São Padre Pio, rogai por nós. São José, rogai por nós. Madre Teresa de Calcutá, rogai por nós. São Pedro e São Paulo rogai por nós. São Miguel, São Gabriel e São Rafael, Roguem por nós.





Ps: Como diz na musica “Chance” do Rosa de Saron: “LEVANTE AS MÃOS E VAI SENTIR, O HOMEM DA CRUZ A TE REMIR. OLHE PRO CÉU E TENTE VER, EXISTE UM DEUS A ESPERA DE VOCÊ.” Me identifico muito com a música.









(A título de informação: Hoje não mais participo da Comunidade Católica Palavra Viva, por motivos de discernimento. E hoje trilho um caminho na COMUNIDADE CATÓLICA SHALOM!)

Cerco de Jericó em Santa Maria - DF



O Cerco de Jericó Missionário, com a Comunidade Católica Palavra Viva foi uma chuva de bênçãos para a comunidade. Durante todos os dias da missão os paroquianos compareceram para a procissão, Santa Missa, e adoração e louvor a Jesus Cristo. Tivemos a presença de muitos jovens, que apesar do que o mundo oferece, escolheram por estar com Jesus Cristo na Santa Igreja.

Durante toda semana vários revezaram a celebração da Missa (mas sempre com Pe Antonio e Pe Ramos que são da São José). Tivemos um momento especial em uma das Missas, todos nós refizemos as promessas do baptismo e renunciamos a satanás pelo nome de Jesus.

É importante colocar em evidencia que o Cerco é todo voltado para a Eucaristia, por isso como é maravilhoso poder nessa semana inteira ter podido receber o Corpo de Jesus, é gratificante saber do Seu imenso amor, que se faz todos os dias em um pedaço de pão por amor a você, para alimentar a sua alma.

No sábado 28/09/10 tivemos um luau Eucarístico, momento super especial principalmente com os jovens. E domingo 29, outro momento com os jovens, um encontro super bacana, em que os membros da Comunidade deram seus testemunhos, falaram como era a comunidade, e cantamos louvando ao Senhor.

O Cerco de Jericó terminou no domingo, encerrando esse momento especial em nossa Paróquia. O pessoal da Comunidade vai deixar saudades, mas estamos esperando eles novamente, serão bem vindos. Mas alerto que a Comunidade foi embora, porém Jesus continua aqui, ele esta lá para ser adorado, basta você ir ate a Igreja.

Paz e bem.